Tênis/Aberto da Austrália - ( - Atualizado )

Federer e Del Potro estreiam com vitórias tranquilas em Melbourne

Melbourne (Austrália)

Considerado um dos favoritos à conquista do título do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, o suíço Roger Federer estreou no torneio com uma vitória tranquila na madrugada desta terça-feira. O segundo colocado do ranking mundial precisou de apenas 1h23min de partida para derrotar o francês Benoit Paire por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/4 e 6/1.

Federer, tetracampeão do torneio, dominou todo o confronto disputado na Rod Laver Arena, teve poucas dificuldades para impor seu ritmo e anotou seis quebras de saque. Conquistando 84% dos pontos em que acertou o primeiro serviço em quadra, ele defendeu com êxito seu saque nas três vezes em que foi ameaçado.

No total, Federer venceu 95 pontos contra apenas 63 de seu adversário em sua partida de estreia nas quadras de Melbourne.

AFP
Federer precisou de pouco esforço para derrotar Benoit Paire na estreia do Aberto da Austrália
Na segunda rodada na Austrália, o suíço tem pela frente o russo Nikolay Davydenko, ex-número 3 do ranking mundial, que avançou no torneio graças a uma vitória sobre o israelense Dudi Sela por 3 sets a 1. Eles já se enfrentaram 19 vezes pelo circuito profissional e Federer tem larga vantagem no retrospecto com 17 triunfos.

Caso passe pelo russo, Federer pode encontrar na terceira rodada a revelação local Bernard Tomic, que estreou em Melbourne com uma vitória sobre o argentino Leonardo Mayer por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/2 e 6/3. O tenista australiano enfrenta na segunda fase o alemão Daniel Brands.

Outro favorito ao título a triunfar com tranquilidade em sua primeira partida no Aberto da Austrália foi o argentino Juan Martin del Potro. Cabeça de chave 6 do torneio, ele passou pelo francês Adrian Mannarino em sets diretos, com parciais de 6/1 ,6/2 e 6/2, em apenas 1h15min de partida.

Na segunda rodada, o tenista sul-americano enfrenta o alemão Benjamin Becker, que derrotou o esloveno Aljaz Bedene em quatro sets. Eles já se encontraram duas vezes, na final do Challenger de Segovia de 2006 e no qualifying do Masters de Roma de 2008, e Del Potro triunfou em ambas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade