Tênis - ( - Atualizado )

Presidente da ATP é diagnosticado com doença degenerativa

Melbourne (Austrália)

Brad Drewett, presidente da ATP, anunciou, por meio de um comunicado oficial, que está sofrendo com esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa dos órgãos motores, e, assim, o dirigente da Associação dos Tenistas Profissionais vai passar por um “período de transição”, mantendo a sua função no Conselho dos Diretores da entidade até que um sucessor seja definido.

“Foi um privilégio servir como presidente da ATP, uma organização da qual faço parte há 35 anos, desde que me tornei jogador profissional. A ATP tem um espaço enorme no meu coração e é com tristeza que tomo essa decisão por causa da minha saúde”, disse Brad Drewett.

O suíço Roger Federer, presidente do Conselho dos Jogadores, demonstrou apoio a Drewett e lamentou a notícia. “Brad tem sido um amigo meu nesses anos e é uma notícia muito triste para toda a comunidade do tênis. Ele é querido e respeitado por todos e fez um trabalho magnífico na liderança da ATP nos últimos 12 meses”, falou Federer. “Sua dedicação e serviço ao esporte ao longo dos anos foi realmente admirável e ele foi uma figura central para promover a ATP no mundo inteiro. Nossos pensamentos estão com sua família nesse período difícil”, ressaltou o atual número 2 do mundo.

A esclerose amiotrófica é uma doença sem cura, mas seus danos podem ser reduzidos com tratamento adequado, o que prolonga a expectativa de vida do paciente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade