Tênis/Aberto da Austrália - ( - Atualizado )

Serena aplica ‘bicicleta’, mas torce o pé. Azarenka também vence.

Melbourne (Austrália)

A norte-americana Serena Williams viveu emoções diferentes já em sua primeira partida no Aberto da Austrália. Ela estreou no torneio com uma vitória tranquila sobre a romena Edina Gallovits-Hall por 2 sets a 0 com parciais de 6/0 e 6/0, placar conhecido como “bicicleta”, mas sofreu uma torção no tornozelo que colocou em dúvida sua continuidade no torneio.

Serena precisou de apenas 54 minutos de partida para superar a 110ª colocada do ranking mundial da WTA e o fez com autoridade. Ela anotou seis quebras de serviço e não teve seu saque ameaçado em nenhum momento do jogo. No total, venceu 52 pontos contra apenas 18 da europeia.

A lesão que preocupa os fãs da jogadora norte-americana ocorreu ainda no quinto game do primeiro set. Após rebater uma bola de direita, Serena torceu o tornozelo e desabou em quadra cobrindo o rosto com as mãos. Ela foi atendida pelo departamento médico da competição, retornou ao jogo e venceu com tranquilidade.

AFP
Serena caiu em quadra após torção no tornozelo durante o primeiro set e preocupou seus fãs em Melbourne

Na segunda rodada em Melbourne, a norte-americana enfrenta a espanhola Garbine Muguruza, que venceu a eslovaca Magdalena Rybarikova após 3h20min de batalha. A tenista ibérica triunfou por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/1 e 14/12. Apenas o último set de partida durou 1h29min, muito mais do que todo o jogo de Serena.

A bielo-russa Victoria Azarenka, líder do ranking mundial, também não teve maiores problemas em sua estreia no Aberto da Austrália. Campeã do torneio na temporada passada, ela passou pela romena Monica Niculescu em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4, e avançou à segunda rodada.

Vika, como é conhecida, chegou a levar um susto no início da segunda parcial, em que perdeu três games consecutivos, mas não se abalou, impôs seu jogo e garantiu a vitória.

A próxima adversária da bielo-russa é a grega Eleni Daniilidou, algoz da tcheca Karolina Pliskova por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 5/7 e 6/4. Elas se enfrentaram apenas uma vez no circuito profissional, no Premier de Paris de 2008, e a vitória foi da tenista de Creta, atualmente apenas a 94ª colocada do ranking da WTA.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade