Vôlei/Superliga feminina - ( - Atualizado )

Unilever vira sobre Amil e retoma a liderança da Superliga

Rio de Janeiro (RJ)

A Unilever retomou a liderança da Superliga feminina de vôlei na manhã deste sábado, ao derrotar o Vôlei Amil por 3 sets a 1, em casa. Depois de perder a primeira parcial, o time comandado por Bernardinho mostrou poder de recuperação, cresceu de rendimento com a entrada de Logan Tom e fechou o jogo com parciais de 22/25, 25/22, 25/11 e 25/22.

O placar foi o mesmo da partida disputada entre as equipes no primeiro turno da Superliga, em Campinas, que marcou o reencontro entre Bernardinho e José Roberto Guimarães. Comandantes das Seleções Brasileiras masculina e feminina, respectivamente, os técnicos são desafetos desde os Jogos Olímpicos de Atenas-2004.

Com duas equipes cotadas a brigar pelo título em quadra, o confronto deste sábado foi equilibrado. O Amil venceu a primeira parcial e chegou a liderar a segunda, mas a Unilever cresceu de rendimento com a entrada da norte-americana Logan Tom. Com a ponteira em quadra, o time do Rio de Janeiro virou o set e encontrou surpreendente facilidade na terceira parcial.

A Unilever comandou o placar no quarto set e chegou a abrir larga vantagem. O Amil se recuperou e encostou no marcador, mas cometeu erros no momentos decisivos e viu o rival garantir a vitória.

O resultado recoloca a Unilever na ponta da Superliga feminina com os mesmos 28 pontos do Banana Boat/Praia Clube, mas com vantagem nos critérios de desempate. O Amil permanece na quinta posição com 20 pontos, um a menos do que o Sesi, terceiro colocado.

André Portugal/Vipcomm
A canadense Sarah Pavan foi a principal arma ofensiva da Unilever na virada sobre o Amil

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade