Futebol/Libertadores - ( - Atualizado )

Jogadores do Galo comemoram goleada aplicada contra time argentino

Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG saiu atrás no placar, mas virou a partida e passeou em cima do Arsenal-ARG, nesta terça-feira, no estádio Julio Grondona, em Sarandí. O Galo aplicou uma goleada de 5 a 2 em cima dos argentinos e ainda perdeu um pênalti com Ronaldinho no final do jogo. O lateral Marcos Rocha afirma que a disciplina tática, associada com a vontade foram fundamentais para a goleada.

“A disciplina tática, a vontade, o Jô, o Bernard, o Ronaldinho o Tardelli estavam em uma noite iluminada. A parte defensiva toda compacta, e isso facilitou bastante para que a gente viesse aqui e conquistasse essa goleada. Começamos perdendo, viramos, eles fizeram o segundo, mas controlamos a partida e o grupo está de parabéns pela vitória”, analisou.

O garoto Bernard foi o destaque da partida com três gols marcados, o que deixou o jogador emocionado, principalmente, por ser seu primeiro jogo fora do Brasil, defendendo as cores do Galo. "Um momento que vai ficar marcado, o jogador que faz três gols numa partida é marcante, e hoje não foi diferente. Fiz três para ajudar a equipe a conquistar a vitória, um dia feliz para mim e para o Atlético-MG. Foi ótimo conquistar a vitória fora de casa", declarou.

O Atlético-MG ainda desperdiçou um pênalti com Ronaldinho, que afirmou que não esperava tanta facilidade. “Na verdade eu não esperava que fosse um jogo com tantos gols, mas aconteceram muitos e a maioria foi da nossa parte. Estamos felizes e esperamos continuar assim", disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade