Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

Família de Reeva Steenkamp nega que ela estivesse grávida

Pretória (África do Sul)

O mistério em torno do assassinato da modelo Reeva Steenkamp pelo namorado Oscar Pistorius, lenda do esporte paralímpico, ganhou um novo episódio nesta terça-feira. Segundo o jornal americano National Enquirer, a polícia sul-africana trabalha com a hipótese de o atleta teria atirado na amada após receber a notícia de que ela estaria grávida. A família de Steekamp, no entanto, nega a informação.

Segundo a publicação, a notícia da gravidez teria irritado Pistorius, que suspeitava que a criança fosse fruto de um caso amoroso de Reeva. Nervoso por conta da combinação entre álcool e anabolizantes, substâncias encontradas em uma das perícias realizadas em sua casa, o atleta teria atirado na namorada.

AFP
Gravidez de Reeva teria irritado Pistorius, que suspeitava de traição: família da modelo nega
“A autópsia teria revelado se Reeva estava grávida, mas não disse nada disso. Talvez isso venha do outro lado, para reunir e construir algum tipo de base para apoiar Oscar”, afirma o tio da modelo, Mike Steenkamp, em entrevista ao jornal britânico Times Live. Segundo ele, a mãe de Reeva seria a primeira pessoa a saber da suposta gravidez.

O motivo dos disparos é considerado peça fundamental para a polícia solucionar o caso da morte de Reeva. Pistorius alega que atirou na namorada após confundi-la com um ladrão. A justiça sul-africana, porém, descarta a hipótese e busca a motivação do atleta para fortalecer a versão de crime premeditado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade