Salto com vara/Russian Winter - ( - Atualizado )

Murer conquista prata em Moscou e confirma índice para o Mundial

Moscou (Rússia)

Neste domingo, Fabiana Murer trouxe mais um grande resultado para o Brasil. A atleta do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA ganhou a medalha de prata no salto com vara do Russian Winter, competição disputada em Moscou (RUS), ao saltar 4,65 m. Com a marca, a brasileira confirmou o índice para o Mundial de Moscou, que será realizado no mês de agosto.

Na estreia da temporada, em Reno (EUA), Fabiana já havia atingido o índice, cravando 4,60 m. A medalha de ouro do torneio russo ficou com a inglesa Holly Bleasdale, que saltou 4,75 m. Já a cubana Yarislei Silva, vice-campeã em nas Olimpíadas de Londres, ficou na terceira posição, com os mesmos 4,65 m de Murer.

"Gostei dos saltos, fiz boas tentativas em 4,70 m. O objetivo é ir crescendo a cada disputa e tenho mais quatro competições na Europa para ganhar ritmo e ir acertando o salto para chegar ao recorde. Só depois vou pensar na temporada ao ar livre e no Mundial de Moscou, que é a principal meta do ano”, frisou Murer, campeã mundial no salto com vara.

Neste início de temporada, a brasileira deseja quebrar o recorde sul-americano indoor, de 4,82 m, que ela própria cravou em 2010, em Birmingham (ING).

A próxima competição de Fabiana Murer será o Pole Vault Stars, em Donetsk (UCR), que será disputado no dia 9 de fevereiro. O evento é organizado por Sergei Bubka, recordista mundial do salto com vara. Na sequência, Murer vai participar da Pedro’s Cup, em Bydgoszcz (POL), no dia 12 de fevereiro, do British Athletics Grand Prix, em Birmingham (ING), no dia 16, e o XL Galan, em Estocolmo (SUE), no próximo dia 21.

Outra boa notícia para o esporte brasileiro foi a classificação da fundista Cruz Nonata para o Sul-americano de Cross-Country. A atleta venceu a Copa Brasil, neste domingo, em Rio Claro (SP), completando a prova de 8 km em 25min37s. “Foi minha primeira disputa no cross-country em mais de cinco anos e foi ótima. Gostei muito e espero fazer um bom Sul-Americano”, disse Nonata.

Agência Luz/BM&FBOVESPA
Fabiana Murer conquistou um grande resultado neste domingo e ganhou a medalha de prata em Moscou

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade