Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

Oscar Pistorius é preso suspeito de ter assassinado a sua namorada

Pretória (África do Sul)

O astro paralímpico Oscar Pistorius foi preso nesta quinta-feira como suspeito de ter assassinado a sua namorada, Reeva Steenkamp, em sua própria residência, em Pretória. O atleta alegou ter confundido a mulher, de 29 anos, com um ladrão e efetuado os disparos após ouvir barulhos vindos de um dos cômodos de sua casa, versão desmentida pela polícia.

As autoridades confirmaram que a mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no local após ser baleada quatro vezes no corpo. Pistorius, que está com 26 anos, admitiu que realmente efetuou os disparos com uma pistola 9mm e aguardará um parecer da Justiça sob custódia.

O sul-africano foi o primeiro atleta com duas pernas amputadas a correr nas Olimpíadas usando próteses. O sul-africano ganhou uma medalha de ouro nos 400m T44 das Paralimpíadas de Londres e correu de igual para igual com os demais competidores das Olimpíadas realizadas na capital inglesa, chegando às semifinais do torneio.

Pistorius também gerou polêmica entre o público brasileiro durante as provas da última edição das Paralimpíadas. O corredor não se conformou com o ouro conquistado por Alan Fonteles nos 200m T44 e fez duras críticas ao fim da disputa. O sul-africano reclamou de um possível favorecimento nas próteses de seu rival e precisou se retratar após a repercussão negativa de suas declarações.

AFP
O medalhista paralímpico Oscar Pistorius teria confundido a sua namorada com um ladrão antes de efetuar os disparos (Foto: Lucky Nxumalo/AFP)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade