Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

“Pistorius terá que viver com sua consciência”, diz pai de Reeva

Pretória (África do Sul)

Suspeito de assassinar a namorada Reeva Steenkamp na semana passada, Oscar Pistorius aguardará seu julgamento em liberdade, o que não agradou a família da modelo. Barry Steenkamp, pai da vítima, comentou sobre a decisão da Justiça de Pretória e afirmou que o atleta sofrerá se não estiver dizendo a verdade.

“Não interessa quanto dinheiro ele tem e quão boa é a sua equipe de advogados. Ele terá sempre que viver com a sua consciência já que deixou os advogados dizerem mentiras em seu nome”, afirmou Barry ao jornal Beeld. “Se não aconteceu como ele diz que aconteceu ele terá que sofrer. E vai sofrer. Mas, se ele fala verdade, talvez um dia o possa perdoar”, completou.

Preso desde o dia 14 de fevereiro, o corredor deixou a prisão nesta sexta-feira, quando foi concedida sua liberação sob pagamento de fiança no valor de 1 milhão de rands (moeda sul-africana), que equivale a aproximadamente R$ 222,2 mil.

Com outro julgamento marcado para o dia 4 de junho, Pistorius ficará na casa de um tio, já que está proibido de retornar à antiga moradia. Além disso, o velocista ainda deve obedecer a diversas condições impostas pelo juiz, como não beber, avisar quando for sair de Pretória, não falar com testemunhas, entre outras.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade