Basquete/NBB - ( - Atualizado )

Em noite de Nezinho, Brasília mantém boa fase e vence mais uma

Fortaleza (CE)

O torcedor que compareceu ao Ginásio da Unifor, em Fortaleza, foi presenteado com um grande jogo, na noite desta terça-feira, com direito à prorrogação e um show de Nezinho, que registrou a marca de 40 pontos na vitória do Uniceub/BRB/Brasília sobre o Basquete Cearense, por 104 a 100. Com o triunfo, a equipe do Distrito Federal chega ao 11º resultado positivo consecutivo na competição.

Com boa atuação, Nezinho igualou o recorde de pontos da temporada, marcado por Paulinho, do Pinheiros/SKY, diante do Vila Velha/Garoto/UVV, em dezembro de 2012. Destaque no segundo tempo, o armador candango marcou 15 tentos no terceiro quarto, além de registrar 11 dos últimos 13 pontos de sua equipe no tempo normal do confronto.

Com 20 vitórias e quatro derrotas, o Brasília segue na segunda posição, com 83,3% de aproveitamento, na cola do líder Flamengo, que tem 22 vitórias e registra 91% de aproveitamento na competição.

Divulgação
Com 40 pontos, Nezinho foi o principal destaque do Brasília no confronto. Foto: LC Moreira
O jogo - Melhor no início de partida, o Basquete Cearense contou com um bom início do experiente Rogério. Depois de um placar apertado nos primeiros minutos, os donos da casa encerraram o primeiro quarto vencendo por 28 a 21.

No segundo quarto, no entanto, o Brasília contou com as mãos calibradas de seus jogadores para equilibrar a partida. Após várias cestas de três pontos, nas mãos de Giovannoni, Rossi e Nezinho, a equipe da Capital Federal diminuiu a vantagem do time mandante: 51 a 48.

Na volta do intervalo, as duas equipes continuaram pontuando bastante, mas o Brasília contou com a atuação brilhante de Nezinho. Inspirado, o armador marcou 15 pontos na parcial e conseguiu colocar sua equipe em vantagem para o último quarto, por apenas um ponto, 74 a 73.

Na última parcial, o Basquete Cearense conseguiu abrir seis pontos de vantagem, mas Nezinho fez 11 dos últimos 13 pontos do Brasília e conseguiu buscar o empate, 3m 93 a 93, levando o jogo para a prorrogação.

No tempo extra, o Brasília chegou a abrir vantagem, mas os donos da casa buscaram o empate e deixaram a decisão para os minutos finais. Mais experiente, a equipe candanga mostrou frieza e conquistou mais um triunfo no NBB.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade