Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Neymar é indiciado pelo TJD-SP e pode receber 15 jogos de suspensão

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O atacante Neymar foi indiciado pela procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), por conta da sua expulsão na derrota do Santos para a Ponte Preta, por 3 a 1, no último domingo, no Estádio Moisés Lucarelli. No total, a Joia pode pegar um gancho de 15 partidas de suspensão. O julgamento do caso está marcado para a próxima segunda-feira. As informações são do site da Justiça Desportiva.

O camisa 11 do Peixe foi indiciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). No 250, por “praticar ato desleal ou hostil durante a partida, prova ou equivalente”, ele pode pegar suspensão de uma a três partidas. Neymar ainda foi incurso no artigo 254-A,§ 1º,II, acusado de “praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente, como desferir chutes ou pontapés, desvinculados da disputa de jogo, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido”, que prevê suspensão de quatro a 12 partidas. As duas punições serão somadas pelos auditores, neste caso.

O cartão vermelho aplicado pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira foi bastante contestado, não só por Neymar, como pelos seus colegas de equipe e pelo técnico Muricy Ramalho. Apesar disso, o juiz relatou na súmula do jogo, que a Joia teria agredido o lateral-direito Artur, da Macaca, que também foi expulso, com um “chute” e “tapas”, fato este que foi base para a denúncia do TJD-SP e que pode acarretar numa punição ainda maior para Neymar.

Vale lembrar ainda que o craque alvinegro não estará em campo diante do XV de Piracicaba, no próximo domingo, a partir das 18h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pois irá cumprir a suspensão automática em virtude do cartão vermelho recebido contra a Ponte.

Divulgação/Santos FC
O camisa 11 do Peixe foi indiciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade