Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Seedorf rasga elogios a 'incomum' Oswaldo: “Não vi ninguém como ele”

Rio de Janeiro (RJ)

Seedorf foi treinado por vários técnicos badalados no mundo do futebol, mas nenhum deles recebeu tantos elogios do meia quanto Oswaldo de Oliveira. Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, quando perguntado sobre as críticas que o treinador costuma sofrer por parte da torcida botafoguense, o jogador exaltou o comandante alvinegro, classificando-o várias vezes como um técnico "diferente" - no melhor sentido da palavra.

“Trabalhar com o Oswaldo é um prazer. É uma pessoa incomum no mundo dos treinadores. Sinceramente, não vi ninguém como ele. Vi alguns parecidos, como o Carlo Ancelotti e o Guus Hiddink. Ele mostra respeito com todo mundo, com quem tem experiência e com quem não tem. Quem joga aqui tem que ser feliz. Ele tem formação de preparador físico, é diferente. Tem uma capacidade de comunicação muito boa. É uma pessoa que merece mais respeito do que muitas vezes é dado”, disse.

Satiro Sodré/AGIF
Oswaldo e Seedorf conversam em treino do Botafogo; para o meia, trabalhar com o técnico "é um prazer"
Para Seedorf, tal injustiça acaba acontecendo muitas vezes pela postura contida de Oswaldo à beira do campo, que pode ser confundida com falta de conhecimento – uma leitura totalmente equivocada, segundo o holandês. Como outro exemplo de injustiça, o meia citou o fato de o Botafogo não ter conquistado um título no ano passado, quando o treinador assumiu o comando do clube.

“Está claro que ele observa muito o jogo. É diferente de muitos outros treinadores que são mais expressivos e ativos. O resultado muitas vezes não tem nada a ver com o trabalho bem feito. Um trabalho pode ser bem feito e não dar certo. O mundo dos treinadores não é fácil, mas acho que todo mundo gosta dele. O Botafogo confirmou a permanência dele por mais uma temporada e está todo mundo unido. O trabalho que ele está fazendo com a gente vai dar fruto e está muito bom”, garantiu.

Com Seedorf em campo, Oswaldo volta a comandar o Botafogo às 18h30 (de Brasília) deste domingo, em clássico contra o Flamengo, no Engenhão. Ambas as equipes são as líderes de seus respectivos grupos no Campeonato Carioca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade