Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Com gol de “promessa” brasileira, Rayo derrota Atlético de Madri

Madri (Espanha)

Após a goleada do Barcelona no início do dia, o Atlético de Madri precisava vencer o Rayo Vallecano, fora de casa, para manter a caça ao líder do Campeonato Espanhol. Os anfitriões, no entanto, deixaram a cortesia de lado e venceram o time madrilenho por 2 a 1, com gols de Lass e Léo Bapstistão para o Rayo e Falcao García para os visitantes.

Mesmo com a derrota, o Atlético de Madri permanece na vice-liderança, com 50 pontos, doze a menos que o Barcelona. Com os três pontos, o Rayo Vallecano chega a 37 e reassume a sexta colocação no campeonato.

O jogo- Com o apoio da torcida, o Rayo Vallecano não demorou para abrir o placar diante do Atlético de Madri, vice-líder da competição. Aos três minutos, o lateral Casado lançou para Piti pela ponta esquerda, o meia se projetou bem e cruzou para a área. A zaga do Atlético não conseguiu afastar e o atacante Lass completou para o gol.

Pressionado após os triunfos de Barcelona e Real Madrid, o time do colombiano Falcao García mudou a postura em campo e se lançou ao ataque adversário. O Rayo Vallecano, no entanto, foi mais objetivo e conseguiu chegar ao segundo gol ainda no primeiro tempo.

Aos 32 minutos, o atacante Lass cruzou a bola na primeira trave, Léo Baptistão, jovem brasileiro de 20 anos que vem se destacando no futebol espanhol, se antecipou ao zagueiro Cata Díaz e ampliou o marcador no Estádio de Vallecas.

AFP
Ao lado de Lass, Léo Baptistão (número 29) se destacou novamente no Campeonato Espanhol.
No segundo tempo, o Atlético voltou a pressionar o adversário. Logo aos sete minutos, Falcao García completou o cruzamento de Juanfran e obrigou o goleiro Rubén a fazer boa defesa.

E o arqueiro do Rayo Vallecano acabou se tornando um dos nomes da partida, sendo muito exigido na etapa complementar. Aos 18, o brasileiro Filipe Luís deixou o zagueiro Gálvez no chão, mas também parou em Rubén.

Aos 35, Falcao García recebeu a bola na entrada da área, fez o giro e bateu forte. O goleiro Rubén se esticou e conseguiu mandar a bola para a linha de fundo.

A persistência do Atlético de Madri deu resultado apenas nos acréscimos da segunda etapa. Após uma confusão na área, o brasileiro Miranda conseguiu dar o passe para Falcao García, que, enfim, venceu o goleiro Rubén e deu números finais ao jogo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade