Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

União Barbarense tem gol anulado e não sai do empate com Botafogo-SP

Santa Bárbara d'Oeste (SP)

Em jogo de início frenético neste sábado, o Botafogo-SP visitou a União Barbarense e saiu com o empate por 1 a 1 em partida com dois gols marcados nos cinco primeiros minutos pelo Campeonato Paulista. Agora, a equipe de Ribeirão Preto, que foi pressionada durante boa parte do jogo, pode deixar a zona de classificação do estadual.

Os dois gols do jogo vieram em cobranças de escanteio, com César Gaúcho abrindo o placar para o Botafogo-SP logo aos dois minutos do primeiro tempo e Cesinha igualando para a União Barbarense aos quatro.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, Edson Borges ainda acertou a trave com cabeçada em nova cobrança de escanteio e quase fez o segundo da União. A equipe de Santa Bárbara D’Oeste pressionou no final e chegou a marcar um gol com Cleverson aos 41 minutos da segunda etapa, mas o tento foi anulado.

O empate leva o Fogão aos 12 pontos, ao alcance de Palmeiras e Mogi Mirim, que se enfrentam no domingo. Enquanto isso, a União Barbarense chega aos cinco pontos e segue na parte de baixo da tabela.

O jogo - O início do jogo teve ritmo frenético, com dois gols marcados, uma boa chance e uma bola na trave. No primeiro lance do jogo, com menos de um minuto de partida, Cesinha foi lançado na área visitante e finalizou para boa defesa de Rafael Santos.

No minuto seguinte, o primeiro gol: o goleiro Rafael Santos fez ligação direta para Nunes na única chegada do Botafogo até então. A zaga despejou para escanteio, mas, na cobrança, César Gaúcho cabeceou para as redes.

A alegria da torcida visitante, no entanto, não duraria muito. Aos quatro minutos, após mais uma cobrança de escanteio decisiva, a zaga do Botafogo não conseguiu afastar bem e a bola sobrou para Cesinha marcar o gol na área.

Com os dois gols saindo após cobranças de escanteio, um terceiro córner quase resultou em mais um tento. Aos 12 minutos, Edson Borges cabeceou na trave após cruzamento na bola parada. Melinho ainda aproveitou o rebote, mas parou em boa defesa de Rafael Santos.

A União Barbarense foi melhor durante o restante do primeiro tempo, mas encontrou dificuldades para criar chances de efeito. A melhora delas veio já aos 45 minutos, com Alex exigindo boa defesa de Rafael Santos em chute de fora da área.

O segundo tempo seguiu morno até os 32 minutos, quando Melinho assustou com um chute de média distância. A União Barbarense chegou a balançar as redes novamente, mas Cleverson estava em posição irregular ao marcar um gol aos 41 minutos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade