Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Emerson alega que se atrasou para resolver problema dos filhos

São Paulo (SP)

O atacante Emerson se posicionou através de uma nota oficial sobre os seus atrasos aos treinamentos do Corinthians de domingo e segunda-feira. Multado por causa da indisciplina, o Sheik alegou não ter conseguido cumprir os horários em função de um problema com os seus filhos no Rio de Janeiro.

Os atrasos colaboraram também com uma mudança no ataque corintiano para o jogo contra o colombiano Millonarios, nesta quarta-feira, no Pacaembu sem torcida. Emerson perdeu a vaga ao lado de Paolo Guerrero para Alexandre Pato.

“Trabalho em cima dos fatos. O Emerson não treinou dois dias por estar sentindo dores no joelho e ainda atrasou. Isso teve muito a ver com os filhos, o que não retira o errro cometido. Ele deve estar conosco no horário normal. É orientado e cobrado para isso. Hoje, falei para ele ir ao treino para ao menos ter a possibilidade de estar no banco”, explicou o técnico Tite, dizendo-se incomodado com o assunto. “Família é uma coisa sagrada, mas dá para administrar as duas coisas.”

Em 2012, Tite já havia punido Emerson por atrasos

No início do ano, Tite estava nitidamente preocupado em não mexer com o ego do Sheik – que, antes mesmo da chegada de Pato, havia alertado o reforço sobre a importância de o Corinthians não ter uma estrela de maior destaque em seu elenco.

Sempre que a equipe vencia com gols de outros atacantes – e até mesmo quando Emerson desperdiçou um pênalti –, Tite fazia questão de ressaltar a importância do herói da final da última Copa Libertadores da América para o time. Indisciplina, no entanto, o treinador não costuma tolerar.

Em 2012, Tite revelou à GE.net que puniu o Sheik por ser reincidente em atrasos a treinamentos. Durante uma semana, o jogador precisou chegar ao CT do Parque Ecológico do Tietê meia hora antes dos seus companheiros.

Em sua nota oficial, Emerson enfatizou que adotou o hábito de ir treinar mais cedo. O atacante que já recorreu até a helicóptero para minimizar um atraso ainda garantiu estar motivado para repetir os feitos de 2012 em 2013.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Tite decidiu deixar Emerson na reserva do Corinthians na partida contra o Millonarios, nesta quarta-feira
Confira o comunicado divulgado por Emerson:

“Entendo que o papel da imprensa é de divulgar os acontecimentos e até de opinar em relação aos fatos. Porém, uso este espaço para explicar que meus últimos atrasos no início da semana aos treinos do Corinthians foram por motivos familiares, conforme relatado à direção do clube. Precisei resolver um problema com meus filhos no Rio de Janeiro no domingo e na segunda, o que prejudicou meus horários. Sempre me comportei de maneira profissional no Corinthians e costumo chegar uma hora mais cedo aos treinos e ser um dos últimos a ir embora. Quero deixar bem claro que minha motivação em vestir esta camisa só aumenta a cada dia e a força desta torcida me faz ter a vontade de ganhar ainda mais títulos aqui. Estou feliz e ainda com fome de títulos no Timão, tenham certeza disso”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade