Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Torcedora recorre à Justiça comum para ver o Corinthians no Pacaembu

São Paulo (SP)

Uma torcedora decidiu agir por si mesma contra a decisão da Conmebol de impedir o acesso do público nos jogos do Corinthians como mandante na Copa Libertadores da América. Lucelita Ferreira de Vasconcelos recorreu à Justiça comum com uma ação cautelar contra a punição ao clube pela morte de Kevin Douglas Beltrán Espada, torcedor do San José atingido por um sinalizador na semana passada.

Segundo o advogado Paulo Cremonesi, sua cliente poderá receber uma liminar para apoiar o Corinthians das arquibancadas do Pacaembu já na partida contra o colombiano Millonarios, na noite desta quarta-feira. O representante de Lucelita alega que a resolução da Conmebol desrespeitou o Estatuto do Torcedor, o Código de Defesa do Consumidor e o direito de ir e vir.

Mesmo que não obtenha sucesso com a sua ação, a torcedora poderá requisitar a devolução do dinheiro gasto para comprar antecipadamente o ingresso para o jogo do Corinthians. “Estamos nos organizando para fazer isso. Peço que as pessoas entrem em contato conosco. Os sócios do programa Fiel Torcedor também podem optar por créditos para compras futuras”, comentou o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Diretor Roberto de Andrade disse que o Corinthians está se organizando para devolver dinheiro da torcida

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade