Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Com jovens se destacando, Fla trabalha para evitar saída prematura

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Apesar de a temporada estar apenas começando alguns jogadores do Flamengo já estão se destacando e ganhando muito espaço na mídia. O meia Rafinha e o atacante Hernane, com gols e boas atuações são os principais nomes do início do ano Rubro-negro. Temendo o assédio de outros clubes aos seus destaques, os dirigentes flamenguistas já começaram a trabalhar no sentido de ampliar os contratos dos atletas em questão e novidades deverão acontecer nos próximos dias.

Na noite de quarta-feira, pouco antes da vitória de 4 a 0 sobre o Friburguense, que teve dois gols de Hernane e um golaço de Rafinha, que encobriu o goleiro adversário, o diretor-executivo do departamento de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, se reuniu com Vantuil Gonçalves e Gerson Sá, diretores da MFD, que cuidam da carreira do atleta, a fim de tratarem da renovação do vínculo que se encerra em maio de 2014. O encontro foi muito satisfatório e Pelaipe deixou o estádio dizendo que o acerto é questão de tempo.

As partes ainda não revelaram quando se encerraria o novo contrato, mas é certo que o valor da multa rescisória será algo considerado impagável para a realidade do futebol brasileiro. Além disso, o jogador, que ainda recebe salário das categorias de base, ganhará um aumento considerável.

Com Hernane as negociações, apesar de exigirem mais pressa, ainda não estão tão adiantadas. O jogador tem contrato somente até o fim de maio, mas os flamenguistas têm a seu favor o fato de poderem exercer a compra da maior parte dos direitos federativos do atleta, que são ligados a um grupo de empresários. A ideia seria também criar uma alta multa rescisória e aumentar o salário do jogador.

Além de manter seus destaques a diretoria vem trabalhando com o objetivo de reforçar o elenco e atender ao pedido do técnico Dorival Júniuor para contratar um atacante que possa formar dupla de frente com Hernane. Ao longo da semana o clube fracassou nas tentativas com Kleber, que estava no futebol português e acabou aceitando o convite do Palmeiras, e Welliton, que optou por jogar pelo Grêmio. Disposta a não expor mais o clube, a diretoria agora só vai se proncunciar sobre nomes quando eles já estiverem apalavrados ou com o contrato assinado. Ano passado, na gestão de Patricia Amorim, o clube chegou a ser ridicularizado porque alguns atletas recusaram propostas.

Fábio Borges/Vipcomm
Com dois golaços e boas atuações nos primeiros jogos, Rafinha virou o xodó da torcida do Flamengo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade