Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Trulli alfineta Caterham: “Foi para trás ao invés de ir à frente”

Milão (Itália)

A passagem de Jarno Trulli pela Caterham foi breve e parece não ter sido das melhores. Ao menos, o piloto italiano não guarda boas lembranças da escuderia, que segundo ele não apresentava evolução.

“Eu percebi que a Caterham só foi para trás ao invés de ir à frente e a equipe não tinha nenhuma chance no futuro”, criticou o ex-piloto, que testou pela equipe no começo da temporada 2012.

Trulli deixou o time para a entrada de Vitaly Petrov e afirmou que a decisão foi tomada mesmo com um contrato em vigor, pois, segundo ele, a Caterham precisava de um piloto que trouxesse um bom patrocínio para sobreviver na Fórmula 1.

“Já que a equipe não estava me pagando, não fiquei decepcionado quando me avisaram que não seria piloto titular, porque testei o carro e não vi nada de diferente do anterior”, contou.

“Ter pilotado não teria mudado minha posição na equipe, minha carreira ou minha vida. O que as pessoas não sabem é que optei por não pilotar mesmo com um contrato em vigor. Com um piloto pagante, eu dei à equipe uma chance de mudança e de sobrevivência”, acrescentou Trulli.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade