Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Após sete meses, Boca Juniors acerta o retorno do ídolo Riquelme

Buenos Aires (Argentina)

Nesta sexta-feira, o Boca Juniors acertou a volta do ídolo Juan Román Riquelme ao clube de La Bombonera. O presidente do Daniel Angelici aprovou o retorno do meio-campista, depois que ele ficou afastado sete meses dos gramados.

O representante do atleta e Riquelme se reuniram nesta sexta com o presidente e secretários do Boca Juniors e as duas partes aceitaram retomar o antigo acordo que havia sido interrompido, mas tem validade até 2014. A reapresentação do camisa 10 está marcada para a próxima segunda-feira.

“Román não vem como salvador. É um jogador mais de grupo”, disse Angelici, que ainda comentou os boatos de possíveis desavenças entre atletas do grupo. “São jogadores de 31, 32, 34 anos. São homens. São jogadores profissionais, se têm algo para dizer, se têm diferenças, que encerrem tudo no vestiário na segunda-feira e digam as coisas na cara. Mas que fique no vestiário”, declarou.

Depois de julho do ano passado, quando a equipe de Buenos Aires perdeu para o Corinthians na final da Libertadores da América, o meia decidiu que não iria mais vestia a camisa do Boca Juniors. Desde então, Riquelme foi sondado pelo Palmeiras, mas o clube paulista acabou rejeitando o jogador, e quase foi parar no Tigre, também da Argentina.

Agora, Juan Román Riquelme volta a treinador com seus antigos companheiros e vai integrar a equipe do técnico Carlos Bianchi, que recentemente aceitou seu retorno ao time xeneize, depois de ter saído em 2004.

AFP
Após novela, Riquelme voltou atrás quanto à sua promessa de não jogar mais pelo Boca Juniors e retorna ao clube de Buenos Aires

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade