Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Atacante brasileiro supera cuspe e dá vitória ao Atlético de Madri

Madrid (Espanha)

Se frequentemente a principal figura do Atlético de Madri é Falcao Garcia, desta vez o nome do vice-líder do Campeonato Espanhol foi um brasileiro. O atacante Diego Costa levou uma cusparada e ainda marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Betis, ratificando a posição dos madrilenos na liga nacional.

O sergipano de 24 anos, que nunca jogou como profissional no Brasil, saiu do banco de reservas e aproveitou indecisão da zaga adversária para fazer o gol da vitória de sua equipe, de cabeça, aos 16 minutos do segundo tempo.

O gol só confirmou a noite de Diego Costa no Calderón, em Madri. O atacante mudou a história da partida, que tinha poucas jogadas de perigo até sua entrada, e ainda se desentendeu com Antonio Amaya, zagueiro do Betis que cuspiu no brasileiro e saiu de campo dizendo que ele não tinha “coração nem vergonha”.

Polêmica à parte, o Atlético de Madri chegou a 50 pontos, nove atrás do Barcelona e sete à frente do Real Madrid, terceiro colocado. Já o Real Betis, na briga para conseguir uma vaga na Liga dos Campeões, segue na zona de classificação para a Liga Europa, em quinto lugar com 35 pontos – um atrás do Málaga.

Completando a rodada do Espanhol neste domingo, o Real Sociedad recebeu o Mallorca e ganhou por 3 a 0, terminando o dia em oitavo lugar com 33 pontos, a um ponto da faixa da tabela que dá vaga na Liga Europa. O Mallorca está na zona de rebaixamento, em penúltimo lugar com 17 pontos.

AFP
O brasileiro Diego Costa roubou o protagonismo de Falcao Garcia e foi decisivo na vitória do Atlético de Madri

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade