Futebol/Campeonato Francês - ( - Atualizado )

Montpellier toma susto, mas vence o Stade de Reims no Francês

Montpellier (França)

Atual campeão do Campeonato Francês, o Montpellier não teve facilidades para vencer o Stade de Reims, de virada, por 3 a 1, na tarde deste domingo, em casa. Com boa atuação no segundo tempo, o time do zagueiro brasileiro Hilton, ex-Paraná e Chapecoense, convenceu no Stade de la Mosson.

Com esta vitória, o Montpellier somou mais três pontos na tabela de classificação, ganhou uma posição e agora é o oitavo colocado, com 35 tentos, mais próximo da zona de classificação às competições europeias da temporada seguinte. Na 24ª rodada, visita o Saint-Etienne.

Enquanto isso, o Stade de Reims estacionou nos 20 pontos, ficando na 18ª posição, na zona de rebaixamento à Segunda Divisão do Nacional. Mas a reabilitação pode vir já no próximo sábado, às 16 horas (de Brasília), mesmo horário do jogo do Montpellier, quando visita o Nancy.

AFP
Ex-Universidad de Chile, o volante Marco Estrada fez um dos gols da vitória do Montpellier deste domingo
O jogo: aos 33 minutos do primeiro tempo, o atacante Gaëtan Courtet recebeu lançamento longo e, de cabeça, abriu o placar para o time visitante. A reação só veio na etapa complementar, aos quatro minutos, quando o atacante Souleymane Camara aproveitou confusão na área e deixou tudo igual.

A igualdade animou a equipe mandante, que, aos 20, virou o resultado, com o volante Marco Estrada, ex-Universidad de Chile, cobrando falta. Seis minutos depois, foi a vez do meia Younès Belhanda, que defendeu a seleção do Marrocos na Copa da África, definir a vitória do MHSC.

Surpresa: mais tarde, foi a vez do Olympique de Marselha passar sufoco em casa. No entanto, o time não teve a mesma sorte do Montpellier, já que foi derrotado pelo Nancy, que está na zona de rebaixamento, por 1 a 0. Com este resultado, o OM viu o PSG disparar na liderança.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade