Futebol/Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

PSG encara força do Valencia como mandante para se firmar na Europa

Valencia (Espanha)

Ambicioso, o Paris Saint-Germain tem um confronto difícil na próxima etapa de se firmar como uma grande força internacional. Pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, a equipe francesa desafia o Valencia fora de casa nesta terça-feira, às 17h45 (de Brasília), enfrentando o forte retrospecto dos espanhóis contra franceses e atuando no Mestalla na competição europeia.

O Valencia costuma se dar bem contra times da França. Em 18 partidas, foi apenas uma vitória dos franceses. O histórico se estende à própria edição 2012-13 da Liga dos Campeões, já que a equipe alvinegra enfrentou o Lille no grupo F da competição e venceu as duas partidas, sendo por 2 a 0 no Mestalla e por 1 a 0 na França, com todos os gols marcados pelo atacante ex-gremista Jonas.

Além disso, os Che não perdem em casa há nove jogos na Liga dos Campeões – a última derrota foi por 1 a 0 para o Manchester United em setembro de 2010. Nesta temporada, venceu dois jogos, contra Lille e BATE Borisov, e empatou um, contra o Bayern de Munique, jogando na Espanha. O Valencia terminou a primeira fase na segunda posição do grupo F com 13 pontos conquistados.

As duas estatísticas mostram a dificuldade que o PSG deve enfrentar, mas a equipe francesa também tem uma a seu favor: líder do grupo A com 15 pontos, o time parisiense sofreu apenas um gol atuando fora de casa, marcado pelo colombiano James Rodríguez já ao final da derrota por 1 a 0 para o Porto.

Enquanto o time da capital francesa caminha em direção ao título nacional, liderando o Campeonato Francês com 51 pontos, seis a mais do que o Lyon, o Valencia faz temporada irregular. Quinto lugar no Campeonato Espanhol, a equipe vem bem nos últimos jogos: foram duas vitórias e dois empates nos últimos quatro jogos, que incluem partidas contra Real Madrid e Barcelona atuando em casa.

AFP
O brasileiro Maxwell, o sueco Ibrahimovic e o argentino Lavezzi serão titulares do PSG (Foto: José Jordan)
Além de Ibrahimovic, que já marcou em Mestalla na Liga dos Campeões de 2002/03 em um empate por 1 a 1 entre o Valencia e o Ajax, outra aposta do PSG para a partida é o meia Lucas. Desde que estreou pela equipe, no dia 11 de janeiro, o brasileiro ainda não desencantou pelo seu novo clube após deixar o São Paulo, mas vem contribuindo com assistências e se firmou como titular.

“É um jogador muito rápido, muito técnico, um jogador que pode levar problemas para qualquer equipe porque, apesar de sua juventude, é responsável. Vem aparecendo bem nos jogos e precisamos prestar atenção nele, foi uma grande contratação do PSG”, declarou o técnico Ernesto Valverde, do Valencia.

Já o italiano Carlo Ancelotti, treinador do PSG, falou sobre a necessidade de focar na defesa. “Quando se tem um jogador como Ibrahimovic, capaz de marcar em qualquer momento, o importante é achar o equilíbrio defensivo”, aproveitando para elogiar o Valencia: “Um grande time, muito compacto e que pressiona em cima”.

Os franceses têm problemas para a partida. Enquanto o Valencia não tem desfalques para o jogo, tendo apenas o lateral esquerdo francês Cissokho como dúvida, o técnico Carlo Ancelotti segue sem poder contar com o zagueiro Thiago Silva, da Seleção Brasileira, além do volante brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta. No lugar da dupla, serão escalados o brasileiro Alex na zaga e o jovem italiano Marco Verratti no meio-campo. O inglês David Beckham ainda não tem condições de jogo e não foi relacionado.

AFP
O técnico Ernesto Valverde enfrenta os milhões do PSG para tentar dar papel de protagonista ao Valencia (Foto: José Jordan)
FICHA TÉCNICA
VALENCIA X PARIS SAINT-GERMAIN

Local: Estádio Mestalla, em Valencia (Espanha)
Data: 12 de fevereiro de 2013, terça-feira
Horário: 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Paolo Tagliavento (Itália)
Assistentes: Mauro Tonolini e Lorenzo Manganelli (ambos da Itália)

VALENCIA: Diego Alves; João Pereira, Adil Rami, Ricardo Costa e Cissokho; Victor Ruiz, Tino Costa, Piatti, Banega e Guardado; Soldado
Técnico: Ernesto Valverde

PARIS SAINT-GERMAIN: Salvatore Sirigu; Jallet, Alex, Sakho e Maxwell; Matuidi, Verratti, Lucas, Pastore e Lavezzi; Ibrahimovic
Técnico: Carlo Ancelotti

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade