Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Riquelme se reúne com presidente do Tigre e pode enfrentar Palmeiras

Buenos Aires (Argentina)

O meia Juan Román Riquelme pode ser o próximo reforço do Tigre para a disputa da Copa Libertadores da América. Sem acordo com o Palmeiras, o jogador se reuniu na noite de quinta-feira com o presidente do clube argentino, Rodrigo Molinos, que ainda tem cautela sobre o possível reforço.

“Seria um sonho muito grande poder contar com Riquelme”, afirmou o dirigente, que aposta na boa relação do meia com o diretor do clube Sérgio Massa. “Há uma amizade do jogador com o Sérgio. Ele é da região, mas temos de esperar”.

Riquelme mora na cidade do Tigre, que faz parte da Grande Buenos Aires, e por isso é tão próximo dos dirigentes. A equipe manifestou interesse pelo jogador desde o ano passado, mas, na época, o objetivo do atleta ainda era encontrar um time no Brasil.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Riquelme não foi contratado pelo Verdão e agora pode virar adversário do clube na Libertadores
O ídolo do Boca Juniors ficou muito perto de acertar com o Palmeiras, com todos os detalhes apalavrados com o ex-presidente Arnaldo Tirone, mas o novo mandatário, Paulo Nobre, considerou o negócio muito caro e desistiu do acerto.

Agora, se reforçar o Tigre, Riquelme enfrentará justamente o Verdão, já que a equipe argentina está no mesmo grupo dos brasileiros na primeira fase da Copa Libertadores. No entanto, para contratar o atleta, Rodrigo Molinos ainda precisa chegar a um acordo com o Boca Juniors.

“Nós só nos reunimos com Riquelme e seu representante, mas ainda não falamos nada com o Boca”, explicou o dirigente, à emissora argentina Rádio 9. O time de Buenos Aires ainda tem vínculo com o meia e, por isso, deve exigir uma compensação para liberá-lo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade