Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Em jogo de seis gols, Ponte Preta leva empate no fim contra o Ituano

Itu (SP)

Por muito pouco a Ponte Preta não encerrou a rodada com vitória no Campeonato Paulista. A equipe de Campinas sofreu o empate no final da partida, que terminou 3 a 3, contra o Ituano, neste sábado, no Estádio Novelli Júnior. Todos os gols da partida foram marcados no segundo tempo.

O empate deixou a Ponte na ponta da tabela, com 15 pontos, mas o Santos ainda pode recuperar a posição no complemento da rodada. Os visitantes fizeram um bom jogo, mas tropeçaram no final da partida, cedendo o empate para o Ituano, que contou com a torcida de Juninho Paulista, ex-jogador e presidente do time, presente no Novelli Júnior.

Se no primeiro tempo prevaleceu as ótimas defesas do goleiro Anderson, do Ituano, a segunda etapa foi marcada por uma chuva de gols. A Ponte chegou a estabelecer vantagem de 3 a 1 no placar, porém não segurou o resultado.

O jogo - A Ponte Preta teve as principais chances da primeira etapa, mas todas elas pararam nas mãos do goleiro Anderson. O primeiro a testar o arqueiro do Ituano é Bruno Silva, com um chute de longe. Depois é a vez de Anderson espalmar a cabeçada de Alemão e o chute de Ramírez, na sequência.

A Macaca teve o domínio das ações, mas o Ituano tentou abrir o marcador com os contra-ataques. O primeiro tempo terminou com o placar zerado, mas com os visitantes melhores na partida.

A rede finalmente balança no duelo, com Diego Rosa. O jogador da Ponte recebeu um belo lançamento de Ramírez, ganhou do zagueiro e deu um toque de cabeça que encobriu o goleiro. Desta vez, Anderson foi surpreendido e não teve como evitar o gol.

O empate do Ituano veio na sequência com uma firme cabeçada de Vitor Hugo, após cobrança de falta de Fernando Gabriel. O jogo melhorou e os times buscam mais o ataque na segunda etapa.

O zagueiro Cléber apareceu como surpresa na área do Ituano e colocou a bola nas redes com um desvio para o canto esquerdo. O resultado deixava a Ponte Preta na liderança isolada e Cicinho deixou a equipe de Campinas mais perto da vitória. Ele recebeu a bola de Alemão e girou para tocar no canto direito, sem qualquer chance de defesa.

Depois do terceiro gol pontepretano, o Ituano desanimou, mas em uma cobrança uma cobrança de falta de Fernando Gabriel voltou a colocar o time da casa no jogo. O atleta acertou o ângulo, quando todos esperavam o cruzamento.

Adaílton fez uma grande jogada para empatar a partida que parecia ganha para a Ponte Preta. Ele arrancou pela lateral do campo, driblou o zagueiro e chutou na saída de Edson Bastos, fechando o placar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade