Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Guilherme Santos reconhece má fase: “É falta de confiança”

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Um dos reforços contratados pelo Santos para a temporada 2013, o lateral-esquerdo Guilherme Santos admitiu que não vive uma boa fase na nova equipe. O jogador, que chegou ao clube praiano por empréstimo junto ao Atlético-MG, reconheceu que não vem apresentando o seu melhor futebol e atribuiu à falta de confiança ao seu começo irregular com a camisa do Peixe.

“Não fiz o que faço nos clubes quando chego. É mais por falta de confiança. O Santos oferece muito e o jogador costuma ficar confortável, mas está acontecendo algo mentalmente que me tira um pouco a confiança e a segurança de jogar”, disse Guilherme Santos, após a derrota para o Paulista, por 3 a 1, no último domingo, no Pacaembu.

O ala santista, aliás, foi alvo da torcida alvinegra, que irritada com a sua atuação diante do Galo do Japi, vaiou a sua saída de campo, ‘comemorando’ a substituição do técnico Muricy Ramalho. Guilherme Santos deixou o campo aos 11 minutos do segundo tempo, para a entrada do meia Felipe Anderson. O lateral havia cometido pênalti minutos antes, possibilitando ao Paulista abrir o placar com Marcelo Macedo.

“Realmente fico chateado (com a má atuação e vaias), volto para casa com a cabeça ‘bombando’, ainda mais por gostar de jogar futebol. Isso me deixa mal para caramba. Mas agora é levantar a cabeça, porque tem gente do Santos que confia no meu futebol”, ponderou.

Mesmo com o experiente Léo perto de retornar aos jogos oficiais, pois está em fase final de recuperação de uma artroscopia no joelho direito, Guilherme Santos confia que pode dar a volta por cima na Vila Belmiro.

“Tenho de me apegar aos meus familiares, as pessoas que estão comigo, ao meu lado. Até porque, eu sei que tem muita gente que confia em mim. Vou continuar trabalhando porque passei em muitos lugares e fui bem, sei que posso render. E se estou no Santos é porque tenho potencial. Vou procurar dar a volta por cima. Nada veio fácil para mim e vou tentar ajudar o Santos”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade