Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Treinador elogia equilíbrio dos atletas do Timão em semana difícil

Marcos Guedes Bragança Paulista (SP)

Diante de uma pergunta sobre o quinto empate seguido do Corinthians, Tite brincou que a sequência pode ser observada de outro ponto de vista, afinal a equipe não perde há oito partidas. Ele repetiu que o desempenho deve ser observado, não só o resultado, e aprovou o comportamento de seus atletas ao fim de uma semana complicada, marcada pela morte do torcedor boliviano Kevin Espada.

“Se fosse uma equipe desequilibrada e não tivesse na lealdada sua marca, a gente teria dois ou três jogadores expulsos”, disse o treinador, apontando as provocações de torcedores e as repetidas infrações cometidas pelo Bragantino no empate por 2 a 2 em Bragança Paulista. “Repetir faltas é uma forma de truncar o jogo.”

Tite apontou que cinco titulares não foram escalados e gostou particularmente da insistência dos atletas diante das dificuldades do segundo tempo. O Timão criou menos na metade final da partida e só conseguiu igualar o marcador quando o cronômetro já se aproximava da marca dos 51 minutos.

Djalma Vassão/Gazeta Press
O clima chegou a esquentar após uma entrada de Astorga em Pato, mas o Timão manteve a calma
“A minha satisfação é que aos 47, 48 do segundo tempo, o time estava construindo jogadas. Acabamos conseguindo o empate. É pouco para nossas pretensões, não estamos satisfeitos com o resultado, mas o time mostrou que é persistente”, afirmou.

Segundo Tite, fazendo os gols perdidos na etapa inicial, o Corinthians poderia ter goleado o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid. “Tenho que o olhar o desempenho, o processo. Com o mesmo desempenho de hoje e mais entrosamento, poderíamos ter construído um placar elástico.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade