Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Vinicius ouve Valdivia e Barcos e quer provar que tem personalidade

William Correia São Paulo (SP)

Vinicius já está entre os profissionais do Palmeiras desde 2010, e o atacante, hoje com 19 anos, tenta fazer desta temporada a de sua afirmação no clube. Ele se baseia no diálogo com Barcos e Valdivia, dois dos principais nomes do elenco, para encontrar sua manutenção como titular após ser capitão do time que chegou às semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

A vitória de quinta-feira sobre o São Bernardo foi o primeiro passo. “No jogo, até errei domínios, chutes, mas o Valdivia e o Barcos conversavam comigo. Isso é importante para saber o que fazer na próxima jogada”, comentou, admitindo que precisou conter a vontade de balançar as redes. “No começo eu estava ansioso, mas o Valdivia conversou comigo, para eu ter mais calma.”

Diante do São Bernardo, Vinicius não fez gol, mas marcou em um jogo trágico para o time: abriu o placar no empate por 1 a 1 com o Flamengo, em 18 de novembro, na rodada que selou o rebaixamento da equipe no Brasileiro. Naquela partida, o atacante saiu do banco e fez sua parte. Agora, crê que na permanência definitiva entre os titulares agora.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Atacante de 19 anos se baseia na experiência do argentino e no chileno para conter ansiedade e não sair mais do time
“É a minha grande chance. Às vezes, entrando no segundo tempo e fazendo um gol, como aconteceu contra o Flamengo, você ganha confiança”, comentou, ciente da tarefa. “É necessária muita personalidade, principalmente quem vem da base. Vemos o torcedor impaciente, com razão por tudo o que aconteceu. E é o que está acontecendo. O pessoal xingou alguns jogadores no outro jogo e agora ninguém escondeu, um ajudou o outro”, completou.

O período de turbulências do Verdão não assusta o garoto. “Fiquei muito feliz em saber que iria jogar de titular, porque tinha treinado bem com os meus companheiros. O Palmeiras atravessa uma fase complicada, com alguns resultados negativos, mas isso me deixou muito feliz”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade