Futebol/Campeonato Gaúcho - ( - Atualizado )

Diretor-executivo do Grêmio explica ausência de Luxa no Gre-Nal

Erechim (RS)

Após a derrota para o Internacional, por 2 a 1, na tarde deste domingo, coube ao diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, explicar a ausência do técnico Vanderlei Luxemburgo, que preferiu permanecer em Porto Alegre para treinar o time A para a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores da América.

“A resposta é muito simples. O Vanderlei (Luxemburgo) ficou trabalhando com o time em Porto Alegre. Seria injusto essa comissão técnica trabalhar durante toda a semana e ele chegar aqui no dia do jogo para comandar. O Roger (treinador do time B) tem autonomia para tudo”, afirmou Costa.

Lucas Uebel/GFBPA
O diretor-executivo do Grêmio, Rui Costa, ficou encarregado de explicar a ausência de Luxemburgo no comando
Ressaltando a prioridade tricolor na competição continental, Rui Costa também falou sobre possíveis reforços que podem aparecer no Olímpico nesta semana. “O grupo é esse. Mas, se surgir algo que possa somar, nós vamos analisar”, garantiu o dirigente.

Fora da zona de classificação à próxima fase do Campeonato Gaúcho, o Grêmio volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), contra o São José, no Olímpico, pela sexta rodada da competição. Sobre este compromisso, Rui Costa foi bem claro: “temos que ganhar de qualquer jeito”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade