Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Guarani garante empate com Ituano e respira fora do rebaixamento

Itu (SP)

O Guarani sofreu, mas conseguiu se manter fora da zona de rebaixamento por mais uma rodada. Neste domingo, no Noveli Junior, contra o Ituano, a equipe saiu na frente, levou a virada, mas buscou o empate por 2 a 2 para somar um ponto, chegar a oito, e ficar com a 15ª colocação do Paulistão.

Em uma primeira metade fraca de ambos os lados, o Guarani marcou pelo alto com Thiago Matias. Marcão e Vitor anotaram os dois gols do Ituano, já na segunda etapa, mas Tiago Pagnussat selou a igualdade no placar.

O time de Itu, com dez pontos, tem o 14º lugar, dois à frente do Bugre. As duas equipes volta a campo pelo Paulistão no próximo domingo. O Guarani recebe, no Brinco de Ouro, o Mogi Mirim, enquanto o Ituano vai ao Primeiro de Maio para encarar o São Bernardo.

O primeiro tempo foi de poucas emoções, que ficaram guardadas para a etapa complementar, e muitos erros de passes. O Ituano, jogando em casa, tinha problemas para sair do campo de defesa e via o Guarani dominar a posse de bola.

A equipe visitante, porém, não conseguiu nenhuma jogada de criatividade. Thiago Gentil estava mal em campo, desarticulando o meio-campo bugrino. Mesmo assim, o Guarani chegou ao gol pelo alto com Thiago Matias, que completou de cabeça cruzamento vindo da esquerda.

Os donos da casa, nas duas chances que tiveram, desperdiçaram. No lance anterior o gol adversário, Fernando Gabriel furou feio na área. Já aos 46, Adaílton bateu cruzado e assustou Juliano, que viu a bola passar ao lado da trave.

Na volta para a segunda etapa, muito mais jogado do que a inicial, o Ituano partiu para cima. Logo no primeiro minuto, Adaílton fez boa jogada, limpou o autor do gol do Guarani, e obrigou Juliano a tirar com a ponta dos dedos. Aos 10, nova boa jogada do atacante do time de Itu, que colocou na cabeça de Marcão. No desvio, o atacante acertou o travessão.

O Guarani só melhorou com a entrada de Fumagalli, aos 16, mas mesmo assim sofreu a virada. Aos 22, Adaílton cruzou, Kleiton Domingues ajeitou e Marcão fuzilou para empatar. Cinco minutos depois, Vitor Hugo completou cruzamento de Patrick para fazer 2 a 1.

A resposta do Guarani foi rápida e nove empate veio em menos de um minuto. Em sobra de bola, Ademir Sopa colocou na área e Tiago Pagnussat subiu no terceiro andar para decretar o empate no Novelli Junior.

Na parte final da partida, Paulinho ainda carimbou a trave de Juliano, que contou com a sorte para não desviar com as próprias costas para o gol.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade