Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após gol, Márcio Araújo é exaltado por personalidade contra críticas

São Paulo (SP)

Márcio Araújo só tem sido titular porque João Denoni ainda está inseguro por conta de uma lesão no ombro direito, Souza está machucado e nenhum reforço foi anunciado ainda no setor. Mas o volante tem encarado as frequentes críticas que recebe da torcida e até fez um belo gol nesse domingo. Fato enaltecido por Gilson Kleina.

“Todos acham que esse jogador não é solução, mas está sempre à disposição, com personalidade. Se é outro, não sei se aguentaria a pressão”, disse o técnico, que acaba de ceder Luan para o Cruzeiro porque o atacante não aguentou mais os insultos que ouviu desde sua chegada ao Verdão, há quase três anos.

Márcio Araújo está há mais tempo no clube, desde janeiro de 2010, e quase sempre ouviu torcedores reclamando dele. Mas não desistiu. “Não pensem que ele não sofre por não ter apoio. Estamos com um grupo pequeno, e colocar um jogador que tem rejeição...”, comentou Kleina.

Por conta desses aspectos, todos os colegas que estavam em campo fizeram questão de abraçá-lo nesse domingo, quando ele arrancou pela direita, deixou Janilson no chão e ainda limpou mais um zagueiro antes de bater de canhota, quase da meia-lua, para fazer o gol da virada do Palmeiras no jogo que terminou 3 a 3 com o XV de Piracicaba.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Volante volta de Piracicaba credenciado por um belo gol, e Gilson Kleina promete exaltá-lo internamente por isso
“Ficamos felizes pelo gol. O grupo gosta muito dele”, comemorou Kleina. “O gol dele é de um volante moderno. Se é em outra situação ou outra fase, todos iriam enaltecer, e internamente vamos enaltecê-lo”, garantiu.

Aos 30 do segundo tempo, porém, o volante acabou cometendo pênalti que recolocou o XV no jogo. Kleina discordou da falta marcada pelo árbitro, e ainda exaltou o trabalho de Márcio Araújo sendo quase um zagueiro para permitir as subidas de Wesley no 4-3-3 – o Verdão só melhorou quando João Denoni entrou e o time passou a atuar no 4-4-2, no segundo tempo.

“Ele faz uma função que não é fácil, mas vai muito bem, antecipa, tem velocidade”, elogiou. “O Márcio é merecedor do gol que fez. É um profissional exemplar: treina, dificilmente está no departamento médico, tem personalidade, se entrega, faz várias funções”, prosseguiu Kleina, que nesta segunda-feira deve ter Charles e Marcelo Oliveira, ambos ex-Cruzeiro, confirmados como opções para recolocar Márcio Araújo no banco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade