Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Barcos para treino e é aplaudido ao se despedir de colegas no Verdão

William Correia São Paulo (SP)

Para não jogar a Série B do Campeonato Brasileiro e continuar com chances de jogar na seleção argentina, Barcos pediu para sair do Palmeiras e foi negociado com o Grêmio. E os jogadores parecem ter entendido a opção do atacante. O treino da tarde desta sexta-feira foi parado para que os agora ex-companheiros de time o aplaudissem.

O argentino saiu das dependências internas da Academia de Futebol com camisa branca e jeans e entrou no gramado em que trabalhavam os jogadores que não foram titulares na vitória dessa quinta-feira sobre o Atlético Sorocaba. E a atividade foi paralisada com a sua chegada.

Com um largo sorriso, o artilheiro cumprimentou um a um, trocando abraços e aperto de mão. Durante três vezes, foram iniciadas salvas de palmas para o centroavante, que se manteve mostrando alegria enquanto os outros jogadores assistiam tudo em silêncio.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O argentino Hernán Barcos interrompeu as atividades desta sexta-feira para se despedir dos antigos colegas
Antes de sair do campo, Barcos ouviu o goleiro Bruno gritando. “Antes de você ir embora, me paga o que você deve!”, cobrou o reserva. O argentino sorriu. “O que eu devo?”, respondeu, antes de sair mostrando desconforto pelo foco em sua rápida e única passagem pelo gramado nesta sexta-feira.

Está marcada para as 17h30 (de Brasília) uma entrevista coletiva do jogador ao lado do diretor executivo José Carlos Brunor para explicar a negociação. Pesou na sua escolha pelo Grêmio uma conversa em que o técnico Alejandro Sabella avisou que não convocaria para a seleção argentina atletas que não atuam em primeira divisão.

Cerca de um mês após ter renovado seu contrato até o fim de 2016 e recebido aumento, Barcos vai para o Grêmio em operação estimada em 7 milhões de euros (cerca de R$ 18,5 milhões).

O clube gaúcho dará 2 milhões de euros (R$ 5 milhões) ao Verdão, pagará os US$ 750 mil (R$ 1,5 milhão) que faltam para a LDU e ainda cede Vilson em definitivo e Rondinelly, Léo Gago, Marcelo Moreno e Leandro por empréstimo de um ano, em negociações que ainda precisam ser definidas pelo Palmeiras com os jogadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade