Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Grato ao Santos, Neymar promete não deixar clube de graça após 2014

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Destaque do Santos e titular absoluto da Seleção Brasileira, o atacante Neymar tem contrato com o clube praiano até a Copa do Mundo de 2014, que será realizada em território nacional. Com a permanência do craque assegurada até o Mundial, o Peixe agora tenta prorrogar o vínculo da Joia, para não perder Neymar sem nenhum tipo de compensação financeira. Grato ao time santista pelo apoio recebido desde a época em que ainda atuava nas categorias de base, o jogador não pretende deixar a Vila Belmiro “de graça”, ao fim do seu contrato.

“Por tudo o que o Santos fez para mim e para a minha família, não existe essa hipótese. Vamos sentar e conversar”, disse Neymar, reiterando o seu desejo de cumprir o acordo estabelecido com os alvinegros e ajudar a equipe a ganhar mais títulos.

“É algo que está um pouco distante, temos de conversar. Precisamos ganhar os campeonatos primeiro, depois pensamos nisso. Vamos resolver a situação da melhor maneira”, ponderou.

Segundo o atacante, a única hipótese de ele sair sem que o Santos lucre com a sua transferência seria, no caso, o clube não tentar ampliar o período de duração do seu contrato. “Não sei (se vou embora sem compensação financeira), depende do Santos. Se quiserem me liberar de graça...”, emendou o jogador, que riu logo após.

No entanto, a última opção não passa pela cabeça dos dirigentes santistas, que já iniciaram negociações com o pai do atleta, Neymar da Silva Santos. Recentemente, em reunião do Conselho Deliberativo do Peixe, o vice-presidente Odílio Rodrigues, mandatário em exercício na ocasião, foi cobrado sobre o tema.

Na Europa, o nome da Joia alvinegra é constantemente ligado a uma possível transferência para o Velho Continente. Na Espanha, veículos de comunicação do país dão como praticamente certa a sua ida para o Barcelona, após a Copa de 2014, mesmo com a insistência do rival Real Madrid na sua contratação. Manchester City, da Inglaterra, e Bayern de Munique, da Alemanha, que recentemente acertou com o técnico espanhol Pep Guardiola, também estariam interessados em contar com o futebol de Neymar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade