Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Muricy lamenta estado do gramado e se irrita durante a coletiva

Santos (SP)

Após a derrota para o Paulista, por 3 a 1, neste domingo, no Pacaembu, o técnico Muricy Ramalho apontou o estado do gramado – castigado pela forte chuva que caiu em São Paulo – como uma das razões para o resultado. Além disso, para o treinador, o Galo do Japi soube atuar de uma maneira que surpreendesse o Santos, para sair com os três pontos deste jogo.

“Os dois times foram prejudicados pelo gramado. Mas nós sofremos mais com a chuva por sermos um time muito técnico e leve. O Paulista aproveitou as chances que teve, foi bem no ataque, se defendeu bem e mereceu a vitória”, analisou Muricy.

O comandante santista ainda destacou a busca da equipe pelo empate, quando o placar era de 1 a 0 para o time de Jundiaí, e que possibilitou ao Paulista marcar dois gols nos minutos finais da partida. Neymar descontou nos acréscimos para o Peixe.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Muricy surpreendeu ao tirar Guilherme Santos e Bruno Peres para as entradas de Felipe Anderson e Patito Rodríguez
“Depois que tomamos o gol, nós abrimos (mais o time), pois precisávamos atacar e buscar a vitória. Mas acabamos sofrendo outros gols e não deu certo”, ponderou.

Indagado sobre as alterações que promoveu durante o segundo tempo do duelo, Muricy Ramalho não gostou da pergunta e ainda ironizou uma jornalista. “Futebol é assim. Mas eu sei que você entende muito de futebol, né!? Fiz essa mudança para o time ir à frente”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade