Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Geninho assume o comando do São Caetano e promete incomodar grandes

Edoardo Ghirotto, especial para a GE.Net São Caetano do Sul (SP)

A goleada para o São Bernardo foi a gota d’água para a diretoria do São Caetano. O time optou por afastar o técnico Aílton Silva de suas funções e anunciou nesta segunda-feira a contratação de Geninho. O comandante já foi ao Anacletto Campanella conhecer os seus novos jogadores e fez uma audaciosa promessa ao torcedor: vai incomodar os grandes clubes do Campeonato Paulista.

“Eu tenho um namoro antigo com o São Caetano e fazia tempo que tentávamos acertar e não conseguíamos. Agora nós chegamos a um acordo e vamos faze um novo trabalho no Paulista. O título é complicado com os investimentos dos grandes, mas acredito que podemos chegar entre os oitos e incomodá-los”, disse o treinador, à GE.net.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Após livrar a Portuguesa do rebaixamento, Geninho tentará colocar o São Caetano entre os líderes do Paulistão
Geninho estava desempregado desde o término do Campeonato Brasileiro. Sob o seu comando, a Portuguesa brigou contra o rebaixamento para a Série B do Brasileiro e conseguiu permanecer na elite com os resultados da última rodada. Contudo, o corte no orçamento para a Série A2 do Paulista fez com que a diretoria rubro-verde optasse por sua demissão.

Agora, o técnico precisará colocar ordem no time que investiu nas contratações de Jóbson, Rivaldo e Fábio Costa para 2013. O São Caetano ainda não conseguiu emplacar nestas primeiras rodadas do Estadual e ocupa apenas a 16ª colocação, com quatro pontos. A derrota por 4 a 1 para o Bernô, no último domingo, ainda ampliou a crise do Azulão e colocou a equipe entre os ameaçados pela zona do rebaixamento.

O primeiro compromisso do treinador à frente do time do ABC Paulista será nesta quarta-feira, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Para o duelo, Geninho não deverá promover grandes inovações e tentará conquistar os três pontos com a base testada por Aílton Silva nas partidas anteriores. As únicas ausências confirmadas são os veteranos Rivaldo e Fábio Costa, que não possuem condições físicas para reforçar o clube.

"É difícil pegar um trabalho andando no meio de um campeonato. Eu conheço alguns jogadores que já trabalharam comigo e vou testar aqueles que vinham jogando juntos. O nosso grupo é bom e eu ainda sou beneficiado por ter comandado uns cinco ou seis atletas que estão aqui", completou Geninho.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade