Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ganso espera que torcida rival se preocupe mais em apoiar Santos

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Pouco depois de Ney Franco confirmar o time titular de domingo com "Ganso e mais dez", o meia tomou o lugar do treinador na sala de imprensa, nesta sexta-feira, e foi questionado sobre o reencontro com o Santos, do qual saiu criticado pela torcida, em 2012. E aí, Ganso?

"E aí? É entrar e jogar na Vila Belmiro, que eu conheço bem, para dar meu melhor", respondeu o jogador, que tem voltado à cidade litorânea só para passear e visitar a família da noiva.

Sobre a recepção dos santistas, que atiraram moedas no gramado em sua última partida com a camisa alvinegra, ele procurou se defender. "Não sei se vai ser positiva ou negativa, espero que seja boa, que torçam para a equipe do Santos e que eu possa vencer o Neymar. Espero que seja um jogo de muita paz, com grande vitória nossa", falou.

A esperança do meia é de que ao menos parte da torcida se lembre que ele contribuiu na conquista de seis títulos (três edições do Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Libertadores e Recopa Sul-americana), entre 2008 e 2012.

"Sem dúvida, porque conquistei muitos títulos. Ajudei a conquistar, não conquistei sozinho. Essa lembrança é muito boa", comentou o camisa 8 tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade