Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

São Paulo divide CT com Millonarios e dá indícios de escalação

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O técnico Ney Franco deu ênfase aos trabalhos técnicos no treino da manhã desta terça-feira. Ao mesmo tempo em que o Millonarios trabalhava no CT da Barra Funda, o treinador do São Paulo misturou titulares e reservas durante a maior parte da movimentação, mas, no fim, deu pista da equipe que pode mandar a campo na quinta-feira, diante do Strongest, pela Libertadores.

Depois de atuar com os atletas misturados, o comandante fez uma atividade de finalização com os dez jogadores de linha que, em tese, podem iniciar o jogo contra os bolivianos. Nesta formação, Denilson não foi utilizado, abrindo a possibilidade de o Tricolor atuar mais uma vez com a formação ofensiva, de apenas um volante: Wellington.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Técnico Ney Franco deve confirmar o time do São Paulo no treino da manhã de quarta-feira
Se seguir o que trabalhou nesta terça, Ney também deve tirar Paulo Henrique Ganso do time para colocar o atacante Aloísio, retomando o sistema com três atacantes. Assim, a possível escalação do Tricolor é com Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Cortez; Wellington, Maicon e Jadson; Aloísio, Luis Fabiano e Osvaldo.

No entanto, o treinador só deve confirmar o time no treino de quarta-feira, quando concederá também entrevista coletiva. Depois da derrota para o Atlético-MG, o Tricolor precisa do triunfo contra o time boliviano para se recuperar nesta fase de grupos da Libertadores.

Ao mesmo tempo em que o São Paulo treinou, o time do Millonarios trabalhou no CT, com vistas ao jogo de quarta-feira, contra o Corinthians, com portões fechados no estádio do Pacaembu. A comissão técnica colombiana proibiu a captação de imagens no treino de sua equipe, principalmente nos ensaios de cobranças de faltas e escanteios.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade