Futebol/Amistoso - ( - Atualizado )

Felipão e jogadores embarcam para Inglaterra fugindo de entrevistas

Guarulhos (SP)

Antes de Luiz Felipe Scolari reestrear na Seleção Brasileira, em amistoso contra a Inglaterra na quarta-feira, o técnico e seus comandados deixaram seu País em silêncio. No Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, o único a falar, e rapidamente, foi Luis Fabiano.

Em poucas palavras, o centroavante, que nesta tarde atuou em Santos na derrota do São Paulo na Vila Belmiro, enalteceu mais uma vez sua presença na primeira lista de convocação do novo treinador. “Preciso fazer o que já tenho feito no São Paulo. Tomara que dê certo”, comentou o camisa 9 do Tricolor.

Concorrente na vaga de titular como centroavante, Fred esteve no aeroporto com Jean, seu companheiro no Fluminense. E ambos, assim como Paulinho, do Corinthians, e Neymar e Arouca, do Santos, aceleraram para escapar de uma aglomeração de fãs e repórteres, visando o embarque o mais rápido possível.

Antes, Felipão, o auxiliar Flávio Murtosa e o preparador de goleiros Carlos Pracidelli também foram ligeiros na passagem pelo saguão em Guarulhos. Tanto o treinador como seus companheiros de comissão técnica, no entanto, não costumam dar entrevistas em embarques ou desembarques.

O embarque da delegação brasileira estava previsto para as 23h50 (de Brasília) para Londres, local da primeira partida da Seleção sob o comando de Luiz Felipe Scolari nesta segunda passagem do treinador pela equipe – na anterior, a equipe conquistou a Copa do Mundo de 2002.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade