Tênis/Bastidores - ( - Atualizado )

Ex-número 1, Andy Roddick ‘estreia’ no golfe nos Estados Unidos

Pebble Beach (Estados Unidos)

Ex-número 1 do mundo no tênis, o norte-americano Andy Roddick ‘estreou’ como golfista no último final de semana. Aposentado de sua carreira como jogador profissional desde setembro 2012, ele se arriscou em um torneio pro-am disputado na Califórnia.

Após as tacadas no torneio, ele evitou traçar paralelos com o esporte no qual foi número 1. “É difícil comparar. No tênis, mesmo no meu pior dia, sabia o que estava fazendo. Aqui, provavelmente metade das pessoas na plateia poderia bater na bola melhor do que eu, o que não acontecia no tênis”, disse.

Campeão do Aberto dos Estados Unidos-2003 e vice em 2006, ele perdeu as finais de Wimbledon-2009, 2005 e 2004. O norte-americano assumiu a liderança do ranking mundial em novembro de 2003 e surpreendeu ao decidir encerrar a carreira com apenas 30 anos.

Longe do tênis, Roddick nem sequer cogita tentar mudar de modalidade. “Eu conheço o suficiente sobre esporte para saber que você não vai ser bom se faz alguma coisa em meio período ou por diversão. Quando um amador fala em ser profissional, não sabe como é difícil”, afirmou.

AFP
Ex-número 1 do mundo no tênis, o norte-americano Andy Roddick, 32 anos, não cogita tentar a sorte como golfista
Entretido com o golfe, ele diz praticar até quatro vezes por semana, apenas como distração. “Os atletas são treinados para curtir o processo de evolução. Eu gosto de jogar com os amigos e adorei participar aqui, mas gostaria de ter jogado um pouco melhor”, declarou Roddick.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade