Tênis/Fed Cup - ( )

Itália bate EUA e se classifica para semi; Eslováquia também avança

Rimini (Itália)

A Itália encontrou muitas dificuldades para garantir a classificação à semifinal da Fed Cup, neste domingo. A vaga só foi assegurada após a vitória no confronto de duplas, em que Sara Errani e Roberta Vinci venceram Liezel Huber e Lepchenko, dos Estados Unidos, com um duplo 6/2.

Na primeira partida entre os dois países, Errani não encontrou muitas dificuldades para vencer Jamie Hampton. Porém, a surpresa veio nos jogos seguintes. Lepchenko venceu Roberta Vinci e Errani e deixou as italianas na frente. No quarto jogo, Vinci deixou tudo igual ao bater Hampton, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/1. No jogo decisivo, vitória da Itália.

AFP
Vinci (à esq.) e Errani (à dir.) comemoram vitória que garantiu a classificação da Itália

No outro confronto das quartas de final, a Eslováquia também teve um caminho difícil. Na primeira partida, a vitória veio com Daniela Hantuchova. No segundo jogo, a equipe tinha condições de vencer e abrir uma boa vantagem, mas Dominika Cibulkova sentiu câimbras e foi obrigada a deixar a quadra. No momento, a eslovaca havia vencido o primeiro set e estava a um game da vitória.

No terceiro duelo, Jana Cepelova fez um dos jogos mais dramáticos contra a sérvia Bojana Jovanovski. Em 3h18 de partida, Cepelova conseguiu vencer de virada com parciais de 5/7, 7/5 e 11/9. Na sequência, Daniela Hantuchova garantiu a classificação sem a necessidade do resultado das duplas ao vencer Vesna Dolonc por 6/3 e 6/2.

Nas semifinais, a Itália enfrenta a República Tcheca, que bateu a Austrália. Já a Eslováquia encara a Rússia, que se classificou após vencer o Japão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade