Tênis/ATP 250 de Viña Del Mar - ( - Atualizado )

Nadal sofre virada de Zeballos e fica com vice em Viña Del Mar

Vina Del Mar (Chile)

No primeiro torneio após o retorno às quadras, o ex-número 1 do mundo e ‘rei do saibro’ foi derrotado na final do ATP 250 de Viña Del Mar pelo argentino Horacio Zeballos, neste domingo. O número 73 do ranking aplicou uma virada sobre o espanhol e venceu por 2 a 1, com parciais de 6/7 (2-7), 7/6 (8-6) e 6/4, em duas horas e 47 minutos de partida, e se sagrou campeão.

Nadal voltava de oito meses de inatividade e não disputava nenhum torneio do circuito desde a queda precoce em Wimbledon, na segunda rodada.

Atual número 5 da ATP, o espanhol fez uma partida marcada por longas trocas de bolas, mas não conseguiu impor seu ritmo de jogo. Zeballos fez uma boa partida e foi muito eficiente no saque, conseguindo 12 aces.

Heptacampeão de Roland Garros, Rafael Nadal disputará, nesta semana, o Aberto do Brasil, em São Paulo, também da série ATP 250. O espanhol deve estrear nas duplas nesta terça-feira, ao lado de David Nalbandian, contra os compatriotas Pablo Andujar e Guillermo García-López. Na chave de simples, o primeiro de Nadal deve ser realizado na quarta, ainda sem adversário definido.

AFP
Nadal não repetiu as boas atuações do resto da semana contra Zeballos e acabou ficando apenas com o vice no Chile
Zeballos começou a partida pressionando o serviço de Nadal e distribuindo aces. O argentino tinha facilidade para manter seu saque, ao mesmo tempo em que pressionava o espanhol. Nadal foi obrigado a salvar dois break-points logo em seu primeiro game de serviço. Sem quebras, no entanto, o set foi para a decisão no tie-break e o ex-número 1 levou a melhor.

Nadal abriu 3 a 0 e, depois, 5 a 1, conseguindo dois mini-breaks . Na primeira chance de fechar a parcial, o espanhol quebrou o serviço de Zeballos para fazer 7-2 no desempate e 7/6 em games.

No segundo set, o roteiro se inverteu e foi a vez de Nadal ser muito eficiente quando servia e incisivo no saque do adversário. Zeballos, que sofreu para colocar o primeiro serviço em quadra, precisou salvar dois breaks. À semelhança da parcial anterior, as trocas de bolas longas não favoreceram nem um, nem outro tenista e um novo tie-break se desenhou.

O argentino conseguiu ficar em vantagem no desempate ao fazer 5-3 e chegou até a desperdiçar um set point antes de fechar com 8-6 e empatar a partida.

O terceiro e decisivo set começou com Nadal atropelando o serviço de Zeballos, que não ganhou nenhum ponto no primeiro game. O espanhol, porém, não confirmou a quebra e viu o argentino igualar o parcial.

Quando o script das duas parciais pareciam se repetir, o número 5 foi surpreendido. Nos nono e décimo games, Zeballos também não tomou conhecimento de Nadal e venceu oito pontos consecutivos, conquistando o título com 6/4.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade