Vôlei/Superliga Feminina - ( - Atualizado )

Sollys derrota Minas e larga na frente nas quartas da Superliga

Osasco (SP)

Jogando com o apoio de sua torcida, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), o Sollys/Nestlé confirmou o favoritismo diante do Usiminas/Minas, no primeiro jogo da série melhor de três, válida pelas quartas de final da Superliga Feminina, e venceu pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/17 e 25/11.

A oposto Sheilla, que foi a maior pontuadora da partida, com 19 pontos, ficou com o troféu VivaVôlei, destinado à melhor jogadora em quadra. “A gente conversou bastante, sabíamos que tínhamos o ataque e a defesa fortes e a gente cumpriu nosso objetivo e o que o Luizomar pediu. Agora é outro campeonato e a nossa postura foi muito importante nessa vitória”, destacou Sheilla.

Já a ponteira Jaqueline, também da equipe da casa, preferiu falar já do segundo jogo da série. “É importante outras jogadores terem oportunidade, mas já temos que pensar no próximo jogo que será em Minas e que será bem mais complicado. Sabemos que a torcida mineira vai tentar nos tirar do jogo, mas vamos para lá concentradas e tentar mais uma vitória”, frisou.

No primeiro set de partida, o Sollys/Nestlé não teve facilidade no início da parcial, já que o Minas mantinha o placar apertado, mas liderado por Sheilla, autora de oito pontos no período, o time de Osasco não bobeou contra a equipe mineira e fechou o set com 25/17.

No segundo set, o ataque do Sollys/Nestlé foi levemente inferior em relação à primeira etapa, mas as donas da casa contaram com seis erros do Minas e abriram 2 a 0 no duelo ao fecharem o período com o mesmo placar do set inicial: 25/17.

No terceiro e último set, o Sollys/Nestlé fez o jogo ficar ainda mais fácil e concretizou o resultado positivo aplicando 25/11. Thaisa foi o grande nome do set e contribuiu com sete pontos no período, sendo fundamental para que as representantes de Osasco saíssem de quadra com a vantagem.

O segundo jogo das quartas de final entre Usiminas/Minas e Sollys/Nestlé será disputado na próxima sexta-feira, dia 1º de março, às 18h30, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG). Enquanto o time da casa necessita de uma vitória a qualquer custo para forçar a realização da terceira partida, a equipe paulista joga por mais um resultado positivo, que levaria as comandadas do técnico Luizomar de Moura às semifinais da Superliga Feminina.

Alexandre Arruda/CBV
Com grande atuação de Sheilla, que foi a melhor atacante da partida, o Sollys/Nestlé ficou mais perto das semifinais

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade