Atletismo/Circuito Indoor - ( - Atualizado )

Augusto Dutra bate recorde sul-americano e garante vaga no Mundial

São Caetano do Sul (SP)

O brasileiro Augusto Dutra voltou a quebrar o recorde sul-americano indoor do salto com vara. Neste sábado, ele atingiu a marca de 5,71m para vencer a terceira e última etapa do Circuito de Salto com Vara Indoor, superando em 1cm a marca que era de Fábio Gomes da Silva e atingindo o índice A para o Campeonato Mundial de Moscou, na Rússia.

É a segunda vez em três semanas que Dutra estabelece a melhor marca do continente em ginásios fechados. Na primeira etapa do Circuito, ele saltou 5,66m, então melhor marca da América do Sul, mas na segunda prova Fábio alcançou 5,70m, retomou seu recorde e fez índice A para o Mundial. Neste sábado, no entanto, Augusto Dutra atingiu 5,71m, quebrou a marca sul-americana novamente e também se garantiu no Mundial.

"Recorde de novo, índice A, não sei nem o que falar”, celebrou o atleta de Marília, treinado por Elson Miranda. “Essa sequência de competições foi muito boa, deu tempo de engrenar o ritmo. Hoje entrei mais confiante. Agora, vamos parar por uma semana e depois começar a preparação ao ar livre. No início, vamos estranhar um pouco na hora que bater um ventinho. Mas logo acostuma", completou.

Com a marca atingida pelo saltador paulista neste sábado, o Brasil já tem três classificados no salto com vara para o Mundial de Moscou: Augusto Dutra, Fábio Gomes da Silva e Fabiana Murer, medalha de ouro na competição feminina em Daegu-2011.

“Para o Augusto, que nunca tinha tido a chance de participar de uma competição indoor, foi muito bom saltar aqui. Saiu um recorde por etapa, um índice por etapa e já temos quatro atletas, no masculino, saltando acima de 5,51 m. Mostrou a competitividade do salto com vara masculino", observou Murer.

Na disputa feminina do Circuito Indoor, o ouro ficou com Karla Rosa, com 4,20m, seguida por Patrícia Gabriela dos Santos, com 4,10 m, e Sara dos Santos, também com 4,10 m.

Divulgação
Augusto Dutra saltou 5,71m em São Caetano do Sul e se garantiu no Mundial (Foto: Osvaldo F./Divulgação)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade