Atletismo/Maratona - ( - Atualizado )

Lesão no pé pode antecipar aposentadoria de recordista mundial

Londres (Inglaterra)

Recordista mundial na maratona feminina, a britânica Paula Radcliffe revelou nesta quarta-feira que pode abandonar as competições em breve. Sofrendo com complicações de lesão no pé esquerdo, a atleta ainda não sabe se voltará a ter condições de participar de provas oficiais.

“Estou realmente no limbo, onde sei que tenho que reconhecer que talvez não seja possível voltar. Mas ao mesmo tempo, tenho uma fresta de esperança e prefiro acreditar que conseguirei encerrar minha carreira em uma prova”, afirma a britânica, em entrevista ao site da BBC Sport.

Cortada dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, após tratamento na Alemanha não ter resultado, Radcliffe esperava voltar em dezembro e a Maratona de Londres deste ano, fato que não acontecerá. Foi na edição de 2003 da prova que a atleta estabeleceu o recorde mundial da distância, com o tempo de 2h15min25.

AFP
Após anos sofrendo com lesão no pé direito, Paula Radcliffe pode anunciar aposentadoria em breve
Aos 39 anos, Radcliffe sofre com dores no pé há 18. Mesmo com o problema, venceu o mundial da maratona, em 2005, e foi duas vezes campeã do mundial de cross-country. A decisão de voltar a correr e arriscar complicar ainda mais a lesão deve ser tomada nos próximos meses.

“Eu não sou capaz nem de correr atrás das crianças, nos últimos meses. Isso me faz pensar em qual será minha prioridade: voltar a ter uma vida normal ou me preocupar em competir? Adoraria correr algumas maratonas antes de me aposentar, mesmo que seja apenas uma meia maratona. Ao mesmo tempo, gostaria de ter um pé saudável pelos próximos 20 anos”, conclui.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade