Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

"Discreto", Rosell teria recusado convite para assistir à Seleção

Barcelona (Espanha)

Presidente do Barcelona, Sandro Rosell teria recusado um convite da CBF para assistir aos dois amistosos da Seleção Brasileira nos próximos dias: de acordo com a imprensa espanhola, o mandatário, com medo da repercussão midiática, está focado somente no time, que ainda vive fase instável em 2013.

Segundo o Mundo Deportivo, Rosell e a entidade máxima do futebol brasileiro mantêm uma “relação cordial” há muito tempo, mas a recusa a estar nos jogos contra a Itália e a Rússia, nos dias 21 e 25, respectivamente, tem o objetivo de ‘proteger’ a equipe, eliminada da Copa do Rei justamente para o Real Madrid.

Ainda de acordo com a publicação, o encontro entre as duas partes também serviria para conversas sobre Neymar, muito próximo de acertar oficialmente com os culés: muito criticado no Brasil, o atacante do Santos já teria um pré-contrato que o levaria para o Camp Nou na próxima temporada europeia.

AFP
O presidente Sandro Rosell recusou convite para assistir à Seleção Brasileira em amistosos (foto: Josep Lago)
No entanto, como revela o MD, as negociações entre o Barça e o Peixe são extremamente sigilosas, e ainda não são muito claras. A data do acerto depende apenas do camisa 11, que também poderia se transferir apenas após a Copa do Mundo de 2014, que será sediada pelo seu próprio país.

Rosell e a CBF 
A relação entre o presidente blaugrana e a CBF não é das mais transparentes. O mandatário, através da empresa Alianto, é acusado de organizar um amistoso entre Seleção e Portugal, em 2008, em Brasília, sem contrato de licitação.

A Justiça Federal investiga um suposto desvio de R$ 8,5 milhões de dinheiro público para a organização do jogo. O caso voltou à tona neste mês, e o Ministério Público já formalizou um processo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade