Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Carente no setor ofensivo, Botafogo procura atacante 'de peso'

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A conquista do título da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, não iludiu os dirigentes do Botafogo, que ainda consideram importante reforçar o elenco para o restante da temporada. Tanto que o clube está empenhado em fazer uma contratação de impacto e a posição escolhida é o ataque. O presidente Maurício Assumpção está empenhado em conseguir um jogador de porte para o setor, considerado hoje o mais carente do time, e já deu autorização para o vice-presidente de futebol, Chico Fonseca, falar com alguns nomes.

“Nós já sondamos uns oito nomes. Todos com os mais variados problemas, ou seja, salário fora da realidade do Botafogo. Ou o jogador que não pode vir no momento. Enfim, nos deparamos com alguns problemas, mas estamos esperando algumas respostas de propostas feitas. O que posso dizer é que a diretoria está trabalhando muito para conseguirmos um grande jogador”, disse Chico Fonseca em entrevista à Rádio Manchete.

Na verdade, o nome que interessa ao Botafogo é o de Marcelo Moreno. O jogador não faz parte dos planos de Vanderlei Luxemburgo, técnico do Grêmio, e não tem sido relacionado. O Alvinegro já apresentou uma proposta ao jogador e o salário teria agrado ao boliviano. Se não conta com dinheiro para investir em direitos federativos, o Glorioso tem condições de arcar com altos salários. Além disso, Moreno ficou motivado com a possibilidade de jogar ao lado do holandês Clarence Seedorf, o que pode fazer a diferença.

“Marcelo Moreno é um grande jogador”, se limita a dizer Chico Fonseca.

Divulgação/Grêmio
Marcelo Moreno ficou próximo de defender o Palmeiras em troca envolvendo Barcos, mas pai do jogador vetou negócio por considerar time paulista "fracassado"
Além de Marcelo Moreno, o Botafogo procura alguns planos B para não ficar refém de um único jogador. Porém, o mercado realmente está complicado e, se o boliviano não acertar, é possível que o reforço chegue apenas para a disputa do Campeonato Brasileiro.

A necessidade de o Botafogo contratar um atacante realmente existe, pois atualmente o clube vem sofrendo com o setor. O titular Rafael Marques ainda não conseguiu marcar um único gol com a camisa botafoguense e não conta com a simpatia da torcida. Bruno Mendes, o reserva imediato, não vem conseguindo repetir as grandes atuações que teve no ano passado pelo Guarani e pelo próprio Alvinegro. Henrique, contratado com status de artilheiro do último Mundial Sub-20, é tratado como uma aposta por Oswaldo de Oliveira, que não deseja "queimar" o atleta. A outra opção do plantel é Sassá, promovido no fim do ano passado das categorias de base e considerado muito jovem em General Severiano.

Botafogo se prepara para estreia na Taça Rio

Dentro de campo, Oswaldo de Oliveira segue preparando a equipe para a estreia na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, que acontecerá neste sábado, às 18h30(de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro. O treinador deverá manter a base que derrotou o Vasco por 1 a 0 na final da Taça Guanabara.

O zagueiro Antônio Carlos, recuperado de estiramento muscular na coxa esquerda, e o volante Renato, livre de dores no joelho direito, deverão ser liberados para ficar no banco de reservas. Já o meia Andrezinho, com lesão na coxa direita, segue de fora, assim como o volante Jadson, que foi liberado para viajar para a Itália a fim de tratar da sua transferência para a Udinese.

Nesta sexta-feira pela manhã ,os jogadores participam de um trabalho recreativo em General Severiano e depois começa o período de concentração para o confronto. Caso conquiste também o título da Taça Rio, o Botafogo vai se sagrar campeão estadual sem a necessidade de disputar uma decisão, repetindo o feito conquistado em 2010, sob o comando de Joel Santana.

Fora de campo o clube deverá confirmar para os primeiros dias de abril o lançamento de seus novos uniformes, que estão sendo produzidos pela fornecedora de material esportivo Puma.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade