Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Seedorf é expulso e Botafogo passa apertado pelo Madureira

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo foi o único clube considerado grande a não tropeçar na segunda rodada da Taça Rio. Em partida disputada na tarde deste domingo, em Moça Bonita, o Alvinegro de General Severiano derrotou o Madureira por 2 a 1, resultado que o colocou na liderança do Grupo A com seis pontos ganhos. O time de Conselheiro Galvão segue sem pontuar, no segundo turno.

O jogo foi marcado por um lance diferente, no primeiro tempo. O árbitro marcou um pênalti a favor do Botafogo e quando Seedorf estava pronto para efetuar a cobrança, o árbitro tirou a bola da marca e assinalou impedimento do holandês no início da jogada, surpreendendo a todos no estádio. No final da partida, o meia Seedorf recebeu o primeiro cartão vermelho pelo clube. O meia holandês recebeu cartão amarelo por retardar a sua saída de campo. Insistiu em sair pelo meio do campo e acabou sendo expulso.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Friburguense no Engenhão. O Madureira receberá o Volta Redonda, em Conselheiro Galvão

O jogo - A partida começou em ritmo muito lento, com as duas equipes se estudando, mas o Madureira criou o primeiro momento de perigo. Depois de receber de Jean,na entrada da área, Derlei girou para evitar e marcação e chutou rasteiro, assustando o goleiro Jefférson que saltou, mas a bola passou perto da trave direita do goleiro alvinegro.

O Botafogo tentou dar a resposta em rápida triangulação, mas o lançamento de Seedorf pegou Fellype Gabriel em posição de impedimento e a jogada foi anulada.

O time dirigido por Oswaldo de Oliveira encontrava alguma dificuldade para coordenar as jogadas de ataque, porque o Madureira marcava bem e acabava impedindo a progressão do adversário. Aos 11 minutos, Derley foi lançado nas costas de Dória, mas Jéfferson saiu com precisão e usou os pés para afastar o perigo.

O Botafogo foi à frente e, aos 12 minutos, Marcelo Mattos tentou trocar passes com Seedorf, Fernando cortou, mas a bola caiu nos pés do volante alvinegro que mandou uma bomba que passou bem perto do travessão.

Sem o meia Lodeiro, servindo à seleção uruguaia, o Botafogo encontrava dificuldades para chegar ao ataque, porque o substituto Vitinho não conseguia se colocar em boa posição para dar prosseguimento às jogadas.Seedorf caía pelas laterais, mas não conseguia fugir da marcação. Só aos 26 minutos é que o Botafogo conseguiu chutar para o gol. Após cruzamento de Lucas, a defesa do Madureira rebateu mal e a bola sobrou para Vitinho que mandou por cima do travessão.

Fábio Castro/Agif
Seedorf comemora seu gol com os companheiros; ele fez o segundo do Botafogo
Aos 33 minutos, um lance inusitado. Seedorf lançou Rafael Marques que foi derrubado na área, pelo zagueiro Fernando. O árbitro marcou o pênalti, mas depois de conversar com os assistentes, decidiu voltar atrás na decisão, quando Seedorf estava pronto para a cobrança e marcou impedimento do meia holandês, no início da jogada.

Aos 39 minutos, Derlei ganhou a disputa com Bolívar, driblou Jéfferson e foi derrubado, mas o árbitro atendeu ao aceno do assistente e marcou falta no zagueiro alvinegro. Aos 42 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Fellype Gabriel foi derrubado na esquerda da grande área. Seedorf fez a cobrança e Dória tocou de raspão para desviar e mandar para as redes do Madureira.

O lance animou o Botafogo que criou duas chances para ampliar o marcador. Aos 44 minutos, Seedorf lançou Fellype Gabriel, que penetrou livre, mas chutou em cima de Márcio. Aa bola bateu em Gabriel Araújo e quase entrou, mas Leozão salvou, mandando para escanteio. Na cobrança de Fellype Gabriel, Rafael Marques cabeceou forte e Márcio espalmou para escanteio.

Divulgação/Botafogo F. R.
Jovem revelação do Glorioso, o zagueiro Dória voltou a se destacar no Campeonato Carioca
Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo. E o Botafogo retornou mais agressivo.Aos cinco minutos, em cobrança de falta no bico direito da grande área. Seedorf mandou no ângulo e Márcio fez grande defesa, espalmando para escanteio. O Tricolor de Conselheiro Galvão adiantou a marcação para tentar pressionar o adversário, mas esbarrava na pouca produtividade de Chaparro e do experiente atacante Jean. Aos dez minutos, o árbitro interrompeu a partida para retirar uma pipa que caiu no gramado.Os jogadores do Madureira reclamaram porque o time estava com a bola no campo de ataque.

Aos 12 minutos, o Madureira empatou. Rodrigo fez o lançamento, Bolívar errou ao tentar cortar e a bola sobrou para Jean que invadiu a área, driblou o goleiro Jéfferson e empurrou para o fundo das redes.

o Botafogo tentou o desempate no minuto seguinte, mas o chute forte de Seedorf bateu em Gabriel Araújo que evitou que a bola entrasse.O time dirigido por Oswaldo de Oliveira aumentou a pressão e o Madureira recuou para defender o resultado. E a equipe de General Severiano chegou ao segundo gol, aos 22 minutos. Lucas enfiou para Rafael Marques nas costas da zaga, mas o chute do atacante foi bloqueado por Márcio. O rebote do goleiro foi apanhado por Seedorf que tocou, com categoria, para as redes.

Em vantagem, o Botafogo passou a administrar o resultado e só aos 34 minutos é que voltou a ameaçar, em chute de Cidinho que encobriu o travessão. Aos 37 minutos, Lucas invadiu pela esquerda, mas o goleiro Márcio saiu nos pés do lateral e bloqueou o chute. A bola sobrou para Rafael Marques que chutou para outra boa defesa do goleiro do Madureira.

Aos 39 minutos, o Madureira criou uma boa chance. Rodrigo fez boa jogada individual e foi derrubado na entrada da área. Rodrigo cobrou, a bola desviou na barreira e sobrou para Gilson que mandou uma bomba, mas Jéfferson evitou o gol de empate, com grande defesa.

Nos minutos finais, o meia Rodrigo, do Madureira, atingiu Bruno Mendes com uma falta violenta e recebeu cartão vermelho, acabando com qualquer possibilidade de reação. No final, Seedorf tentou retardar a saída de campo ao ser substituído e acabou sendo expulso de campo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade