Futebol/Copa da Inglaterra - ( - Atualizado )

Abalados, Manchester United e Chelsea lutam por vaga na semifinal

Manchester (Inglaterra)

O Manchester United carregava uma invencibilidade de 18 jogos desde o ano passado, mas uma derrota para o Real Madrid bastou para abalar o time inglês, eliminado na Liga dos Campeões. Porém, não há tempo para lamentações no elenco de Alex Ferguson, já que, neste domingo, os Diabos Vermelhos enfrentam o Chelsea, no Old Trafford, em jogo válido pelas quartas de final da Copa da Inglaterra.

Os azuis estão distantes da ponta no Campeonato Inglês e almejam uma resposta no mata-mata, apesar de o técnico Rafael Benitez já ter anunciado sua saída ao término da temporada europeia, inclusive criticando a torcida e até a direção.

Já o Manchester está em situação confortável no Nacional, com boa vantagem na liderança, mas foi frustrado pela queda na Liga dos Campeões. Além disso, o clube passou por uma turbulência por conta da decisão de Ferguson de deixar Wayne Rooney no banco contra o Real Madrid. A imprensa inglesa chegou a noticiar que o treinador quer a saída do atacante no meio do ano. Porém, a informação foi prontamente negada pelo técnico.

AFP
Ferguson deixou Rooney no banco contra o Real, quando o Manchester perdeu (Foto: Andrew Yates/AFP)
“Ele vai continuar na próxima temporada, dou a minha palavra”, afirmou o treinador, descartando problemas pessoais com o atacante. No entanto, o comandante não revelou se colocará o jogador de volta entre os titulares contra o Chelsea. O auxiliar de Ferguson, Mike Phelan, não crê em queda na confiança do time para o confronto da Copa da Inglaterra.

“Não vai ser um problema levantar o ânimo da equipe. Os jogadores e a comissão técnica se levantaram e vamos voltar a ser o Manchester United até o fim de maio”, afirmou. Os desfalques dos Diabos Vermelhos são Phil Jones, Paul Scholes e Darren Fletcher.

Já o Chelsea também tenta se recuperar usando a Copa da Inglaterra, pois perdeu para o Steaua, na Liga Europa, na quinta-feira. Mesmo com o tropeço, o técnico Rafael Benítez tem convicção de que seu time pode mostrar uma postura diferente na casa do rival. “É outra competição e uma atmosfera diferente. Vai ser totalmente diferente”, afirmou.

O jogo marca o duelo entre dois times vencedores do torneio mais antigo entre clubes do mundo. O Manchester United é o maior ganhador da competição, com 11 taças, mas não conquista o campeonato desde 2004. Já o Chelsea, que tem sete títulos, venceu quatro das últimas seis edições.

Ainda neste domingo, Millwall e Blackburn fazem outro confronto das quartas de final da Copa da Inglaterra, mas com bem menos atenção em comparação com o clássico do dia. Pela primeira vez desde 2008, esta fase da competição tem o encontro entre dois times que não estão na primeira divisão.

O Millwall chegou a disputar a decisão do torneio na edição 2003/2004, quando foi derrotado pelo Manchester United. Já o Blackburn conquistou seis vezes a competição, mas há muito tempo: (1883/84, 1884/85, 1885/86, 1889/90, 1890/91 e 1927/28).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade