Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

ABC desmente goleiro Andrey e prepara defesa contra ação trabalhista

Natal (RN)

A diretoria do ABC foi surpreendida com a decisão do goleiro Andrey de entrar com uma ação trabalhista contra o clube. Após ficar sem receber salários durante três meses, o arqueiro se desligou do Mais Querido e foi proibido de treinar pelos dirigentes. A versão da equipe, porém, contradiz os fatos apontados pelo jogador e estremece ainda mais a relação mantida entre as duas partes.

Após dizer que a cúpula alvinegra não gostaria de contar com o seu futebol no restante da temporada, Andrey forçou o ABC a preparar sua defesa e divulgar o seu posicionamento oficial neste caso. Segundo o diretor de futebol da equipe, Ubirajara Marques, a decisão de rescindir o contrato partiu do próprio goleiro e foi acordada amigavelmente com os seus representantes.

“É importante deixar essa situação bem clara. O Andrey pediu para deixar o clube mais de uma vez”, disse o dirigente, à Rádio Globo. “O jogador fez sua proposta e aceitamos o valor pedido. Ele ficou de assinar a rescisão após receber o valor, mas não aceitou assinar após realizarmos o depósito em sua conta.”

Como o caso já foi encaminhado para a Justiça Trabalhista, Ubirajara Marques declarou que o time trabalha internamente para tomar as medidas cabíveis contra o seu ex-jogador. “A gente nem sabia que o Andrey tinha colocado o clube na Justiça. O nosso departamento jurídico está ciente da situação e logo mais irá se posicionar”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade