Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Acusado de agredir a mulher, atacante Jóbson é detido pela polícia

São Caetano do Sul (SP)

O atacante Jóbson, emprestado ao São Caetano pelo Botafogo, envolveu-se em mais uma polêmica: na madrugada desta terça-feira, o jogador foi detido pela polícia, após ser acusado de agressão pela sua mulher, Thayne Bárbara, em São Caetano do Sul (SP).

Por volta das 2h30 (de Basília), o atleta de 25 anos foi ao Hospital Infantil da cidade do ABC Paulista, sangrando por um corte no braço. Quando era atendido, Jóbson escutou Thayne Bárbara, acompanhada do filho, de uma mala e da polícia, pedir a sua detenção.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Sempre polêmico, atacante Jóbson está detido pela polícia em São Caetano do Sul, por agredir a mulher
Thayne Bárbara afirmou que não vai voltar para a casa dos dois, mas teve que ir até a delegacia para prestar depoimentos. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana, Jóbson deve permanecer por lá nesta manhã, pelo menos até que o delegado chegue e anuncie a decisão.

A reapresentação do time do Azulão está marcada para as 9 horas, e dificilmente vai contar com Jóbson. Já os treinamentos são às 15h30, no Anacleto Campanella. A equipe caetanista faz péssima campanha no Campeonato Paulista, ocupando a última colocação, com cinco pontos.

Polêmicas: esta não é a primeira vez que Jóbson procurou por problemas. O atacante tem um conhecido histórico de doping. Ainda no Brasiliense, clube que o revelou, em 2007, o jogador apresentou indisciplinas, como fugas de treinos e até mesmo embriaguez durante o trabalho.

Dois anos depois, já em General Severiano, Jóbson se destacou no Brasileirão, mas, foi flagrado pelo exame antidoping com o uso de cocaína. Ele negou o uso da substância, mas confessou o uso de crack, sendo suspenso do futebol temporariamente pela Agência Mundial Antidoping.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade