Futebol/Copa Libertadores - ( )

Após estreia, Kleber cobra mais vontade do Palmeiras na Libertadores

Assunção (Paraguai)

Após quase um mês treinando no Palmeiras, Kleber, enfim, estreou e por mais tempo do que previa. O centroavante entrou no intervalo da derrota para o Libertad nessa quinta-feira e atuou nos últimos 48 minutos, acima dos 25 que previa, mas ficou com uma sensação negativa. O camisa 9 já cobra mais empenho dos seus colegas.

“Faltou um pouquinho de vontade. Libertadores é tem entrada forte e pesada, todos com garra. Foi o que faltou. Precisamos entrar com mais vontade”, ressaltou o atacante emprestado pelo Porto até 30 de junho. “Foi uma estreia negativa pela derrota, o Palmeiras sempre pensa em ganhar. Estou triste”, lamentou.

AFP
Camisa 9 atuou por mais tempo do que previa em sua estreia, mas saiu de campo triste
A bronca, contudo, deve ser encarada como uma lição pelo jogador que chegou a ser convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira por seu desempenha na Liga dos Campeões da Europa em 2011. Kleber, mesmo aos 22 anos, quer usar sua experiência para ajudar os companheiros.

“Tem muito jogo pela frente. Será uma disputa boa e espero que nos próximos jogos tenhamos aprendido a lição. Libertadores é vontade, e o Libertad mostrou muito mais do que nós. Mas vamos levantar a cabeça”, apostou.

Particularmente, a sensação de Kleber é de evolução. Ele não entrava em campo desde dezembro por conta de uma lesão muscular. “A cada dia estou melhor, pegando ritmo competitivo. Melhorei e deu para me movimentar. Ainda tenho receio, mas vou pegando confiança aos poucos para jogar mais”, projetou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade